Dia dos Pais está chegando! Veja os famosos que têm muitos filhos

Criar uma criança é um trabalho árduo. Com dois...

Segundo SMS, agentes foram orientados sobre protocolo de ação contra a varíola

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Salvador...

Cristópolis: Vaca chama atenção ao entrar em farmácia e deitar dentro de loja

Uma vaca em uma farmácia. A situação curiosa...

Na luta contra o rebaixamento, VP do Brasil de Pelotas mostra preocupação com arbitragem

O Brasil de Pelotas encara o Vitória, no...

Visitantes têm acesso a exames médicos de graça na Expomontes

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

 

Montes Claros, no Norte de Minas, estará em festa neste domingo, com a comemoração do Aniversário da Cidade – 165 anos de emancipação do município, considerando-se que ela ocorreu em 3 de julho de 1857.

 

Um estudo de professores da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes)  contesta a comemoração oficial e sustenta que a criação do município ocorreu em 16 de outubro de 1832.

 

 

 

Marcando a comemoração do “Aniversário da Cidade”, neste domingo, a 48ª Exposição Agropecuária Regional de Montes Claros (Expomontes) terá portões abertos, com entrada gratuita. A principal atração será o show da dupla sertaneja Rick e Renner, marcado para 23h.

 

A maior festa da cidade-polo do Norte de Minas foi aberta sexta-feira (1º/7) e vai até 10 de julho. Além de conferir a qualidade dos animais expostos, conhecer os estandes e assistir a shows musicais e a outras ações, os visitantes da Expomontes podem fazer exames oftalmológicos e testes de glicemia (glicose) gratuitamente.

 

Os exames médicos gratuitos na mostra agropecuária são oferecidos pela Santa Casa de Montes Claros no estande do hospital na mostra agropecuária, por meio de parceria com uma faculdade de medicina cidade.  

 

Neste sábado (2/7), foram ofertados no estande da Santa Casa no Parque de Exposições os exames oftalmológicos de autorrefração, ceretometria e topografia computadorizada da córnea. São  exames que auxiliam no diagnóstico do Ceratocone, doença que tem como sintomas  visão turva e sensibilidade à luz e à claridade.

 

O mesmo tipo de exame oftalmológico voltará a ser realizado no estande da Santa Casa Expomontes na próxima sexta-feira (8/7). O hospital deslocou três médicos oftalmologistas para o Parque de Exposições de Montes Claros.

 

Neste domingo, a Santa Casa de Montes Claros vai oferecer, gratuitamente, na Expomontes, testes de glicema capilar.  O exame é feito com o objetivo de verificar os níveis de açúcar no sangue em determinado momento do dia, usando o glicosimetro com uma pequena gota de sangue.

 

A Santa também disponibiliza feira  a demonstração do “visualizador de veia”. De acordo com o hospital, o público pode acessar a tecnologia de ultima geração, que permite a visualização de veias  a 1 centímetro de profundidade em tempo real.

 

Outros serviços gratuitos

Os visitantes da Exposição Agropecuária de Montes Claros podem participar de outras atividades gratuitas. Entre elas, estão três cursos ofertados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Minas/Sistema Faemg).

 

As capacitações são voltadas para pequenos produtores rurais – os cursos de “Derivados do Leite”, “Embutidos e Defumados” e “Mecanização Agrícola/Manutenção do TAP (Trator)”.

 

Também durante a Expomontes, o Sebrae Minas, em parceria com a Fundação para o Desenvolvimento  Científico e Tecnológico do Norte de Minas (Fundetec), vai orientar os pequenos produtores sobre as soluções tecnológicas e produtos inovadores voltados para o agronegócio regional, com o uso da ferramenta digital. As informações são repassadas no espaço chamado de “Fazenda Digital”.

 

Polêmica sobre a data

 

Embora Montes Claros esteja em festa com a comemoração do “Aniversário da Cidade”, neste domingo, foi criada uma polêmica em relação à data da emancipação político-administrativa do município.

 

Neste dia, a prefeitura comemora o “aniversário” de 165 anos, considerando a data de 3 de julho de 1857 como o dia que o antigo “Arraial das Formigas” foi elevado à categoria de “cidade”.  Uma das marcas da comemoração oficial é a entrega da Medalha de Honra Ivan Lopes, principal comenda do município, conferida pela Câmara de Vereadores, que, em 2022, tem como homenageado o vice-prefeito Guilherme Augusto Guimarães.

 

No entanto, com base em estudo e documentos históricos, os professores e pesquisadores Laurindo Mékie Pereira e Marcos Fábio Martins de Oliveira, da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) publicaram artigo em que afirmam que, na prática, a emancipação político-administrativa do “município de Montes Claros” ocorreu em 16 de outubro de 1832.  

 

Os dois professores afirmam que o aniversário em 3 de julho foi “uma data inventada” por grupos dominantes da política e da economia do município em 1857. Naquele ano, foi organizada uma grande festa em Montes Claros para se comemorar o “Centenário da Cidade”. Na mesma ocasião foi inaugurado o Parque de Exposições local e aconteceu a primeira exposição agropecuária da cidade.

 

Com base em estudos e documentos históricos, Laurindo Mékie e Marcos Fábio afirmam que, em 3 de julho de 1857, Montes Claros foi elevada à “categoria de cidade”. Mas,  a emancipação político-administrativa tinha ocorrido 25 anos antes, em 1832. Portanto, neste ano, a cidade completa 190 anos de emancipação político-administrativa, não em 3 de julho – e sim em 16 de outubro, sustentam.

 

“O Arraial de Nossa Senhora da Conceição e São José de Formigas foi elevado à categoria       de Vila por lei de 13 de outubro de 1831, durante a vigência dos governos regenciais. Em 16 de outubro de 1832, foi instalado o município – Montes Claros de Formigas – com Câmara Municipal (..).  Isto significa que Montes Claros detém, desde 1832,   autonomia jurídica, política e administrativa”, registram os dois professores.

 

“Em de julho de 1857, Montes Claros recebeu o título de “cidade”. O que isso significou em termos concretos? Praticamente nada. Não ocorreu qualquer modificação jurídica, política, ou administrativa em virtude deste título. A única mudança foi no nome que passou de “Montes Claros de Formigas” para apenas “Montes Claros”, por causa da homônima cidade de Formigas”, comentam os pesquisadores.

 

Eles descrevem que 16 de outubro 1932, também foi realizada a comemoração do “Centenário da emancipação político-administrativa do município”, com decretação de feriado municipal pela prefeitura.

 

Laurindo Mékie e Marcos Fábio Martins relatam que os festejos do “centenário”, junto com  a inauguração do Parque de Exposições de Montes Claros em 1957, contaram as as presenças dos, então, presidente da República Juscelino Kubitschek e do governador do estado Crispim Jacques Bias Fortes.

 

“A festa de 1957 insere-se no contexto de entusiasmo característico do período – o  desenvolvimentismo levado a efeito pelo Plano de Metas do Governo Juscelino Kubitschek  – e reflete a vitalidade da pecuária local, maior força econômica e braço direito da  prefeitura municipal na promoção do evento”, diz o artigo dos dois professores da Unimontes.

 

“Mas, além disso, foi uma estratégia cuidadosamente planejada para construir a imagem de uma cidade moderna e pacífica, de um povo ordeiro e trabalhador e, por fim, atrair investimentos do Estado e da União – abertura e melhoria de estradas, construção de hidrelétricas, ampliação/melhoria dos serviços de telefone, água e esgoto, e apoio para a criação de um frigorífico na cidade”, completam os pesquisadores.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Defesa Civil alerta para umidade do ar abaixo de 30% até segunda (15/8)

Uma massa de ar seco chega a Belo Horizonte e vai provocar queda nos índices de umidade do ar até a tarde de segunda-feira (15/8). De acordo com a...

Bombeiros combatem incêndio em galpão de carvão

Cerca de 20 militares do Corpo de Bombeiros estão empenhados no combate a um incêndio em um galpão de armazenamento de carvão.O galpão fica no Bairro Várzea Alegre, em...

Homem que teve a prorrogação da licença-paternidade negada será indenizado

Enfermeiro que teve a prorrogação da licença-paternidade negada pela empregadora, em Belo Horizonte, receberá uma indenização de R$ 10 mil por danos morais. A decisão é dos desembargadores da...