Rayssa Leal vence etapa de Seattle no Mundial de Skate Street; Pâmela Rosa fica no 2º lugar 

O Brasil conseguiu uma “dobradinha” na etapa de Seattle...

Tom Holland anuncia afastamento das redes sociais para cuidar da saúde mental

Tom Holland anunciou que irá ficar um tempo...

Baile Favellê reúne 25 artistas em apresentação exclusiva em Salvador 

Vinte e cinco artistas que integram o selo Favellê...

Filhote de baleia jubarte é encontrado morto na Praia de Ipitanga

Equipe do Projeto Baleia Jubarte esteve no...

TSE: doações por Pix para campanhas serão apenas com CPF como chave

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou hoje (1º) que somente pessoas físicas que cadastrarem o CPF como chave Pix podem fazer doações para campanhas eleitorais nas eleições de outubro. ebcebc

Em maio, o tribunal autorizou as doações por meio do sistema de pagamento instantâneo do Banco Central. O caso foi decidido a partir de uma consulta feita pelo partido PSD ao tribunal.

Após o julgamento, o partido fez um pedido de reconsideração para que as doações também pudessem ser feitas por meio de outros tipos de chaves, como número do celular, endereço de e-mail e chave alfanumérica. 

Ao analisar a questão, por unanimidade, o tribunal confirmou que somente a doação pelo CPF pode ser aceita para garantir a identificação da origem da transferência e cumprir o princípio constitucional da transparência. As outras opções levariam entre 15 e 45 dias para serem rastreadas e identificadas, segundo o TSE. 

Fundo 

Além das doações de pessoas físicas, as campanhas também poderão contar com R$ 4,9 bilhões do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) em 2022. O recurso é destinado ao financiamento público de campanhas políticas e está previsto no orçamento federal deste ano.

Nesta semana, o TSE definiu o limite de gastos para as campanhas eleitorais. O teto de gastos da campanha a presidente será de R$ 88 milhões, após o valor ser corrigido pela inflação dos últimos quatro anos. Em eventual segundo turno, tal limite deve ficar próximo de R$ 45 milhões.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Anistia Internacional e MP debatem letalidade policial na Bahia contra população negra

O procurador-geral de Justiça Adjunto Paulo Marcelo Costa participou nesta sexta-feira (12) de uma reunião com a Anistia Internacional Brasil para debater a letalidade policial na Bahia. O...

Anistia Internacional e MP-BA debatem letalidade policial na Bahia contra população negra

O procurador-geral de Justiça Adjunto Paulo Marcelo Costa participou nesta sexta-feira (12) de uma reunião com a Anistia Internacional Brasil para debater a letalidade policial na Bahia. O...

Rafson Ximenes recebe honraria da Câmara de Salvador por trabalho dedicado à Defensoria

O defensor público geral da Bahia, Rafson Ximenes, recebeu a mais alta honraria da Câmara Municipal de Salvador, na última quinta-feira (11). A medalha Thomé de Souza foi...