Diogo Mainardi diz que desistiu do Brasil e que não vai mais escrever em site

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O jornalista Diogo Mainardi...

Acordos com outras categorias elevaram vencimentos em até 11,8%, alega prefeito

O prefeito Bruno Reis (União) reforçou, nesta quarta-feira...

Paulo Afonso: Foragido por estupro é o primeiro preso com auxilio do Reconhecimento Facial

Um homem com mandado de prisão por estupro...

MP-BA cria grupo para enfrentamento da varíola dos macacos e cobra ações do Lacen

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) criou um...

STJ vai avaliar validade de delação que envolve Cláudio Castro em suspeita de propina

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
claudio castro

A Justiça do Rio de Janeiro enviou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) a decisão sobre a validade da delação premiada contra o governador Cláudio Castro (PL). Nesta segunda-feira, 4, o órgão especial do Tribunal de Justiça do Estado se manifestou incompetente para julgar o pedido do governador de anulação da delação na qual ele foi acusado de recebimento de propina. Foram 18 votos a 4 que decidiram enviar o caso ao STJ.

A denúncia é de Castro teria recebido R$ 100 mil em propina na época em que ainda era vice-governador do Estado. A Operação Catarata, do Ministério Público, investigou supostas irregularidades em contratos de prestação de serviços da Fundação Leão 13, órgão subordinado ao vice-governador. A acusação veio de um funcionário de uma prestadora de serviços que alega que o atual governador recebeu dinheiro para favorecer a empresa dentro da fundação. O caso veio à tona a cerca de três anos.

Cláudio Castro nega envolvimento no caso e diz que até hoje não existem provas contra ele: “É uma delação ilegal, tem três anos que não tem provas. O Ministério Público diz que no dia do depoimento a lei não valia, mas que no dia da homologação valia”. A defesa do governador também avalia que a delação é ilegal e irregular, porque não houve qualquer gravação ou registro desse depoimento dado pelo delator.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Julho registra temperatura média mais alta da história 

Mesmo no inverno, os termômetros brasileiros registraram as temperaturas mais altas dos últimos 61 anos. Dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) revelam que a temperatura média do mês de julho chegou a 22,8ºC, um...

Ciclone extratropical: o que é o fenômeno que causa chuvas e ventania

Um ciclone extratropical, fenômeno meteorológico responsável por causar fortes chuvas e ventos atua nesta semana em parte do Brasil, com os efeitos mais fortes entre 10 e 11 de...

Defesa Civil alerta para quedas de temperatura e ventania em São Paulo

A Defesa Civil de São Paulo, por meio do Núcleo de Gerenciamento de Emergência, emitiu, nesta semana, alerta para baixas temperaturas e fortes ventos nesta quarta-feira, 10, e quinta-feira,...