Amargosa: Homem é baleado na porta de casa após discussão em festa

Um homem identificado como Darlan Araújo Cabral da...

Justiça contraria parecer médico e nega internação de adolescente em clínica de obesidade

A Justiça baiana negou um pedido de internação...

Ainda sem condições, Lazaroni segue fora do time do Vitória e não pega o Paysandu

O lateral Guilherme Lazaroni vai desfalcar o Vitória...

Anamma firma acordo com Fórum Baiano de Comitês de Bacias Hidrográficas

A Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente...

Nova Serrana: Hemodiálise depende de testes e alvará sanitário

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

 
Dois anos após a aprovação do projeto arquitetônico, a hemodiálise em Nova Serrana, no Centro-Oeste de Minas, ainda precisa vencer três etapas. Com espaço físico no Hospital São José, as obras de adequações foram concluídas, porém, ainda resta finalizar a instalação dos aparelhos, realizar testes para, então, dar início ao processo de alvará sanitário.
Só no município, há 50 pacientes que demandam pelo atendimento. Eles se deslocam três vezes por semana para fazer o procedimento em Divinópolis, Bom Despacho, Formiga, Pará de Minas e Belo Horizonte. A unidade terá capacidade para 60 pessoas.
A secretária de Saúde Glaucia Sbampato afirma que toda a documentação necessária, por parte do município, já está concluída, dentre elas, o estudo de viabilidade. Ele foi aprovado pelos 53 secretários de saúde das cidades que compõem a macrorregião Oeste de Saúde e pelo governo estadual.
“Trâmites esses estritamente técnicos e sem os quais não é possível a implantação de qualquer serviço de alta complexidade”, afirmou a prefeitura por meio de nota.
 
O recurso para equipagem também está garantido. Serão aplicados R$ 1,3 milhão destinados a partir de emendas parlamentares. No momento, está na fase final de instalação da osmose – um processo de transporte da água utilizado no procedimento.
“Penso que se os testes derem certo, em 30 dias começaremos a encaminhar a amostra da água para teste. Precisa fazer teste por três meses. Aí sim, estando tudo ok, entraremos com a solicitação para funcionar”, explica a secretária de Saúde.
Sem arriscar uma data, afirma que ainda depende de vários fatores. “É um serviço muito complexo”, diz. Com os testes concluídos, será protocolado o pedido de alvará na Vigilância Sanitária Estadual.

Sem pedido

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, por meio da Superintendência Regional de Saúde de Divinópolis, confirmou que até o momento, não há junto ao Estado solicitação de alvará por parte do serviço de hemodiálise de Nova Serrana. 
O projeto arquitetônico foi aprovado pelo Estado em julho de 2020. Agora, o próximo passo é o serviço solicitar o alvará sanitário. Ele deve cumprir a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) ANVISA 11/2014.

*Amanda Quintiliano especial para o EM

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

BH: Polícia Civil recupera R$ 1 milhão em jóias, relógios e outros objetos

Uma operação da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) recuperou, nessa quinta-feira (18/8), objetos avaliados em R$ 1 milhão, furtados de dois apartamentos do bairro Serra, região Centro-Sul de...

Santa Casa de Piumhi fecha CTI por falta de verbas do Estado

A Santa Casa de Misericórdia de Piumhi fechou na quarta-feira (17/8) os atendimentos no Centro de Terapia Intensiva (CTI) por 90 dias. O motivo é a crise financeira....

Busto de Aleijadinho é depredado no Centro Histórico de São João del-Rei

Ato de vandalismo choca e preocupa moradores de São João del-Rei, na Região do Campo das Vertentes, em Minas Gerais, exatamente na semana em que o país celebra o...