Com hat-trick de Morata, Atlético de Madrid goleia Juventus em amistoso

O Atlético de Madrid não tomou conhecimento da Juventus,...

Cônsul da Alemanha no Rio é preso por suspeita de matar o marido

O cônsul da Alemanha na cidade do Rio de...

Colônia domina Schalke e vence em sua estreia no Campeonato Alemão

O Colônia recebeu o Schalke, neste domingo, e saiu...

China expande exercícios em áreas a norte de Taiwan, e ilha critica desinformação

GUARULHOS, SP (FOLHAPRESS) - Os exercícios militares promovidos pela...

Encontrado morto quinto empresário russo ligado à Gazprom

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O quinto empresário russo ligado à Gazprom, empresa de energia da Rússia, foi encontrado morto, na tarde de segunda-feira, na piscina da sua casa, situada num subúrbio de luxo perto de São Petersburgo, com um ferimento de bala na cabeça.

A morte de Yury Voronov, de 61 anos, fundador e CEO da empresa de transporte e logística Astra-Shipping, que trabalhou com a Gazprom no Ártico, foi avançada nas redes sociais pelo site de notícias Visegrad 24.

Segundo o jornal The Moscow Times, foram encontrados vários cartuchos no fundo da piscina e uma pistola da Grand Power foi recuperada nas proximidades.

A viúva de Voronov revelou à polícia que o empresário tinha anteriormente perdido dinheiro devido a conflitos com empreiteiros e parceiros, acrescentando que nas últimas semanas o marido bebia muito.

De recordar que em janeiro, o chefe do serviço de transportes da Gazprom Invest, Leonid Shulman, foi encontrado morto no banheiro de sua casa, numa aldeia rural de luxo a 30 quilômetros a oeste de Morskiye Terrasy, na Rússia.

O vice-diretor do centro de colonização da Gazprom, Alexander Tyulakov, foi encontrado na mesma aldeia um mês mais tarde.

Em abril, o ex-vice-presidente da Gazprombank, Vladislav Avaev, e o ex-gerente da empresa Novatek, Sergei Protosenya, cometeram alegadamente suicídios em Moscou e Espanha, respectivamente.

Há ainda a registrar outras mortes não ligadas a Gazprom como a do bilionário russo nascido na Ucrânia Mikhail Watford, que morreu em Surrey, Inglaterra, no final de fevereiro e o antigo executivo de Lukoil Alexander Subbotin, morto em Moscou no início de maio.

 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

China expande exercícios em áreas a norte de Taiwan, e ilha critica desinformação

GUARULHOS, SP (FOLHAPRESS) - Os exercícios militares promovidos pela China no entorno de Taiwan em resposta à visita da deputada americana Nancy Pelosi à ilha entraram no quarto dia...

Israel e palestinos negociam cessar-fogo; número de mortos sobe para 31

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Israelenses e palestinos concordaram com uma trégua em Gaza a partir da noite desde domingo (horário local, 14h de Brasília), mediada pelo Egito, disseram...

Ataques de Israel na Faixa de Gaza deixam quase 30 pessoas mortas

O Ministério da Saúde da Faixa de Gaza informou neste domingo, 7, que a Operação Amanhecer – deflagrada pelas Forças Armadas israelenses contra possíveis ataques da Jihad Islâmica –...