Ponte Salvador – Ilha de Itaparica: MP recomenda realização de estudos técnicos

Os promotores de Justiça Cristina Seixas Graça, Ivan...

Brasil avança em 2º do grupo e pega a Colômbia nas quartas do Mundial sub-20 feminino

A seleção brasileira feminina sub-20 terminou na segunda...

SAJ: Estudante é baleado após assalto a mulher em frente a colégio

Um estudante foi baleado na noite desta terça-feira...

Como você deve entender os ataques de Bolsonaro à democracia

Esqueça todos os ataques de Bolsonaro às urnas eletrônicas...

Artrite juvenil. Sintomas alarmantes a que os pais devem prestar atenção

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A maior parte das pessoas já ouviu falar de artrite. O que talvez não saiba é que também existem crianças que padecem desta doença crônica. De acordo com a Sociedade Portuguesa de Reumatologia, “pensa-se que a cada 1000 crianças em idade escolar surja uma com [artrite idiopática juvenil] ou, por outras palavras, que existam tantas crianças com artrite idiopática juvenil como com diabetes mellitus juvenil”.

“A artrite idiopática juvenil é o tipo de artrite mais comum em crianças” e “diz respeito a um conjunto de patologias com três características comuns: são de causa desconhecida (designada idiopática), surgem na infância ou adolescência até aos 16 anos e manifestam-se com inflamação/ inchaço nas articulações”. A boa notícia é que, embora crônica, o tratamento permite uma vida normal, sobretudo quando a doença é detectada numa fase precoce.

Com isto em mente, eis os sinais de alerta a que os pais devem estar atentos:

  • Dificuldade na marcha e adoção de posições de defesa quando pedem à criança que caminhe, caso a inflamação ocorra na anca, joelho ou tornozelo;
  • Dor ao toque, inchaço e menor amplitude de movimento nas articulações afetadas;
  • Rigidez matinal, com melhoria dos movimentos ao longo do dia;
  • Inflamação do olho (pode ficar vermelho, mas na maior parte das vezes há apenas redução progressiva da capacidade visual, sem outros sintomas);
  • Febre;
  • Manchas avermelhadas no corpo ou placas vermelhas e escamando na pele e/ou couro cabeludo;
  • Aumento dos gânglios linfáticos;
  • Perda de apetite;
  • Alterações do desenvolvimento da criança.

 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Lesões na boca que não cicatrizam podem ser sinais de câncer

Uma afta insistente é um sintoma que pode até passar despercebido, mas na realidade, pode representar um forte alerta para o tumor de cavidade oral, câncer de boca. Sangramento...

Petisco: veja como preparar Iscas crocantes de frango

É fá de petiscos e de receitas fáceis e rápidas? Então veja como preparar deliciosas iscas de frango, que são crocantes e saborosas. Ingredientes: 1 pacote de massa sêmola Spaguetti Express...

As coisas mais estranhas envolvendo banheiros ao redor do mundo

Existem mais banheiros do que podemos imaginar. Sim, eles são essenciais para manter bons níveis de higiene, mas também provocaram muita controvérsia por várias razões. Se você está lendo...