Crítico de Bolsonaro, Ciro vê distinção nas ausências de Neto e do presidente em debates

Em Salvador na manhã desta quinta-feira (11), Ciro...

Apple está interessada em transformar podcasts em séries

A Apple acaba de assinar um acordo com uma...

É pra ontem! Três dicas para sair da friend zone

Você tem uma relação com uma pessoa, que já...

Dia dos Pais está chegando! Veja os famosos que têm muitos filhos

Criar uma criança é um trabalho árduo. Com dois...

‘Uma festa pública com ambiente de festa privada’, diz Cocá sobre São João de Jequié

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O prefeito de Jequié, Zé Cocá (PP), apresentou o balanço final do São João do município durante coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (27).

 

Segundo o Blog Marcos Frahm, parceiro do Bahia Notícias, o gestor comemorou o sucesso de público nas noites de shows na Vila Junina, que teve início no dia 14 de junho na Praça Ruy Barbosa e de 23 a 26 na Praça da Bandeira, circuito oficial do São João, onde foi registrado um grande número de pessoas que marcaram presença para acompanhar as apresentações.

 

Entre as atrações, Jequié recebeu Simone, da dupla com Simaria, Maiara e Maraísa, Tarcísio do Acordeon, Lucy Alves, Chambinho do Acordeon, Mastruz com Leite, Jonas Esticado, Felipe Araújo. Para Cocá, o São João de 2022, que aconteceu depois de dois anos de interrupção de eventos em decorrência da pandemia ficará marcado como uma das maiores festas juninas já realizadas na cidade.

 

“É só agradecer a Deus. O São João superou todas as expectativas, pois a gente tinha um levantamento e a nossa previsão é de que na Vila Junina teríamos 30% a menos do público que tivemos, no centro, a previsão nossa também era de um público menor e o balanço mais importante é o de uma festa segura, pública, com ambiente de festa privada, porque foi uma festa familiar, sem violência e, assim, o São João vai e fortalecendo para que no próximo seja a nível de Brasil”, disse Cocá.

 

Questionado pelo Blog sobre a possível mudança do circuito da festa para uma área específica e afastada do Centro, num espaço mais amplo, o prefeito disse ter ouvido um clamor da maioria pela permanência do São João na Praça da Bandeira, mas não descarta a mudança. “Nós ventilamos isso e vamos discutir com o comércio, com as entidades de classe, com a Câmara de Vereadores. Nos últimos três dias, sinceramente, ouvi um clamor pedindo par que continue no lugar, mas que a gente amplie os espaços, que crie alternativas com telões e vamos criar duas ou três possibilidades e ver o que é que a população acha melhor”, explicou.

 

Zé Cocá destacou o incremento significativo na economia local com a realização da festa. Segundo o chefe do Executivo, os estabelecimentos comerciais aumentaram seu faturamento, a exemplos de hotéis e pousadas, com ocupação de 100% da rede, tendo afirmado que mais de R$ 60 milhões foram injetados no setor econômico do município.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cristópolis: Vaca chama atenção ao entrar em farmácia e deitar dentro de loja

Uma vaca em uma farmácia. A situação curiosa foi flagrada em Cristópolis, na Bacia do rio Grande, Oeste baiano. Segundo o Noticias da Lapa, o fato foi notado...

Uber se posiciona sobre a denúncia do golpe do cheiro em carros de transporte por aplicativo

Após veiculação da matéria sobre nutricionista passar mal em carro de aplicativo, a empresa citada se pronunciou sobre o caso. Uber, empresa de transporte por aplicativo, tem seu nome bastante...

Lauro de Freitas: Família pede justiça em caso de morte de homem após discussão sobre lixo

Um protesto, feito na manhã desta quinta-feira (11), cobrou justiça no caso da morte de um homem após um desentendimento por conta de descarte de lixo (ver aqui)...