Luiz Flávio de Oliveira apita duelo entre Brusque e Bahia em Santa Catarina

O árbitro da Fifa Luiz Flávio de Oliveira,...

Opinião: A vidência mítica de Bolsonaro que nos ludibria o caos

A última semana foi...

Vice de Bolsonaro, Braga Netto será exonerado do Planalto nesta semana

Praticamente anunciado por Jair Bolsonaro nesse domingo (26/6) como...

Disparada dos preços dos combustíveis: quem pode menos paga mais

Moradores de cidades mineiras mais pobres e isoladas, como...

TSE adia decisão sobre múltiplas candidaturas a senador em coligações

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Um pedido de vista (mais tempo para análise) paralisou o julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre a possibilidade de múltiplas candidaturas ao Senado dentro de uma mesma coligação.

O deputado federal Delegado Waldir (União Brasil-GO), que tem a pretensão de se candidatar ao Senado nas eleições de outubro, mas não tem promessa de indicação na chapa à reeleição do governador Ronaldo Caiado (também do União Brasil), enviou um questionamento ao TSE sobre a obrigatoriedade de cada coligação lançar apenas uma candidatura ao Senado.

Presidente, governador e senador: veja quem são os pré-candidatos nas Eleições 2022

O parlamentar perguntou se partidos coligados para a eleição ao governo de um estado ou do DF precisam também estar coligados para a candidatura ao Senado ou se cada partido pode lançar candidatos independentes.

O relator do questionamento na Corte, ministro Ricardo Lewandowski, votou pela liberação de mais de uma candidatura em sessão do TSE na noite desta terça-feira (14/6). Para ele, partidos coligados em chapa ao cargo de governador podem lançar, individualmente, candidatos para senador da República.

Mais sobre o assunto Brasil Em meio a novas críticas, TSE elege Alexandre de Moraes presidente Guilherme Amado Randolfe quer convocar ministro da Defesa após ofício ao TSE Brasil TSE responde Defesa: “Todas as contribuições sempre são bem-vindas” Política Bolsonaro diz que analisará ofício ao TSE e pede “apuração simultânea” Os demais magistrados, porém, não votaram porque o ministro Mauro Campbell Marques pediu vista. Não há prazo para a retomada da análise, mas o TSE costuma fazer um esforço para encerrar julgamentos referentes ao pleito antes dos prazos finais para registro de candidaturas.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

O post TSE adia decisão sobre múltiplas candidaturas a senador em coligações apareceu primeiro em Metrópoles.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vice de Bolsonaro, Braga Netto será exonerado do Planalto nesta semana

Praticamente anunciado por Jair Bolsonaro nesse domingo (26/6) como seu candidato a vice-presidente, o general Braga Netto deixará nesta semana o cargo de assessor...

Bolsonaro: ‘Milton Ribeiro foi preso injustamente’

"Nada justifica o que fizeram com Milton Ribeiro”, disse o presidente Jair Bolsonaro (PL), neste domingo (26/6), ao falar sobre a prisão do ex-ministro...

Ex-empresário de Luva de Pedreiro se pronuncia após influenciador reclamar de redes sociais

Após anunciar que teve a conta do WhatsApp hackeada, o influenciador Luva de Pedreiro voltou às redes sociais para informar que também perdeu...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com