ʽVida na Amazônia está por um fioʼ, diz bispo (Por Bernardo Mello)

Na segunda-feira, o Papa Francisco vestiu um cocar e...

Histórico de mortes na defesa da Amazônia vai além de Dom e Bruno

"Está todo mundo muito triste." O sentimento de um...

AstraZeneca: validade estendida é eficaz e segura, diz professor da UFMG

Quem foi aos pontos de vacinação contra a COVID...

Trabalhadores da saúde com mais de 30 anos recebem a 4ª dose hoje em BH

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
Os trabalhadores da área da saúde com mais de 30 anos devem receber a 4ª dose da vacina contra a COVID-19 nesta segunda-feira (13/6), em Belo Horizonte. Moradores da capital mineira com mais de 58 anos, também já podem receber a dose adicional, desde que tenham um intervalo mínimo de 4 meses desde o reforço. 
O cronograma de repescagem para os grupos prioritários e faixas etárias já convocadas também segue na capital. Para aqueles que ainda não completaram o ciclo vacinal, estão disponíveis a primeira dose, segunda dose, reforço e adicional. 
Para o público infantil, está aberto o chamamento para a segunda dose do imunizante. Crianças de 5 a 11 anos, com e sem comorbidades, que foram vacinadas com a Pfizer pediátrica, devem esperar 8 semanas até a segunda aplicação. Para as vacinadas com a CoronaVac, o intervalo é de 28 dias. 
Os locais de vacinação são dinâmicos e podem ser verificados no site da Prefeitura de Belo Horizonte. 

Dose de reforço 

As aplicações da dose de reforço das vacinas contra a COVID-19 levam em conta o intervalo de 4 meses após a segunda dose. Excepcionalmente em relação à Janssen, o intervalo é de 2 meses entre a primeira dose e o primeiro reforço.
O público com mais de 18 anos que recebeu a primeira dose da Janssen pode tomar o reforço dois meses após a primeira aplicação. Segundo orientações do Ministério da Saúde, atualmente o esquema vacinal da Janssen é composto pela administração da primeira dose e reforço. No caso de idosos de 60 anos ou mais, há ainda a segunda dose de reforço. 
Para idosos ou imunocomprometidos é indicado a aplicação de uma segunda dose de reforço, com intervalo mínimo de 4 meses a partir da primeira dose de reforço.
Pessoas acamadas devem aguardar o contato das equipes da Secretaria Municipal de Saúde para o agendamento do horário.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Suspeito de estupro é espancado e morto em Venda Nova

Um homem de 33 anos foi espancado até a morte na noite de sábado (25/6) na Vila do Índio, Região de Venda Nova, em...

Motorista bate carro em grade de proteção e abandona o carro em BH

Um motorista bateu o carro em uma grade de proteção e abandonou o veículo na madrugada deste domingo (26/6) na Avenida Nossa Senhora do...

Centenário de dom Silvério: mais que um símbolo de fé

Os brasileiros celebram neste ano o Bicentenário da Independência e o Centenário da Semana de Arte Moderna, com espírito cívico em setembro e alma...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com