Canela é uma verdadeira aliada da boa saúde; saiba mais!

Poucos alimentos beneficiam tanto o metabolismo e a saúde...

Primo de Wanessa Camargo diz que cantora e Dado Dolabella assumiram namoro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Se para o grande...

Após determinação da Anvisa, Sesab diz que ainda não irá apreender lotes da losartana

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou,...

Aramari: TJ-BA aceita novamente denúncia contra prefeito por manter lixão

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça...

Rosa Weber atende a pedido da PGR e arquiva ação contra Ricardo Barros

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber atendeu a solicitação da Procuradoria-Geral da República (PGR) e determinou, nesta sexta-feira (17/6), o arquivamento da investigação preliminar aberta contra o deputado Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara.

Barros foi citado durante a comissão parlamentar de inquérito por suspeita de beneficiar empresas de parceiros e em benefício próprio. O deputado estaria envolvido em irregularidades para compra da vacina Convidecia contra a Covid, sob acusação de advocacia administrativa, crime que ocorre quando um funcionário público utiliza o posto que ocupa para interesses privados.

“Não há, nos dados enviados pelo Legislativo, nenhum elemento indiciário de que Ricardo Barros tenha atuado em prol das empresas citadas”, argumentou a vice-procuradora-geral da República, Lindôra Araújo, na semana passada.

“No caso concreto, uma vez que a Procuradoria-Geral da República afirma inexistir, no caderno investigativo, base empírica para o oferecimento de denúncia contra o parlamentar indiciado, há que se acolher o pedido de arquivamento formulado pelo Parquet [Ministério Público]”, destacou Rosa Weber em seu despacho.

Mais sobre o assunto Justiça PGR pede arquivamento de investigação sobre Ricardo Barros no STF Política Ricardo Barros vira réu após delação de esquema de propina no Paraná Política Câmara: Conselho de Ética arquiva processo contra Ricardo Barros Brasil Em relatório da CPI da Covid, Ricardo Barros é citado mais vezes que Bolsonaro O pedido de arquivamento foi o primeiro feito pela PGR para investigações advindas da CPI da Covid. Dez frentes de apuração foram abertas depois dos indiciamentos propostos pela comissão.

Deputado se pronunciou Logo após a manifestação da PGR em seu favor, Ricardo Barros se pronunciou: “Repito o que disse na época: o relatório da CPI da Covid não possui materialidade. Foi baseado em narrativas desmontadas uma a uma. Todos os depoentes ouvidos negaram a minha participação na negociação das vacinas. Meus sigilos e das minhas empresas foram quebrados e absolutamente nada foi encontrado”.

O parlamentar descreveu a atuação do grupo como “ativismo político”.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

O post Rosa Weber atende a pedido da PGR e arquiva ação contra Ricardo Barros apareceu primeiro em Metrópoles.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Fernanda Souza revela rotina e abre o jogo sobre namoro com Duda Porto

Fernanda Souza abriu o jogo sobre a sua rotina diária à revista Harper’s Bazaar e abriu o coração sobre o seu relacionamento com Eduarda...

Assédio na Caixa: ‘Ele me falou: ‘Vou te rasgar, vai sangrar”, diz vítima

São diversos os relatos de assédio sexual cometidos pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Duarte Guimarães. Funcionárias do banco, que escolheram denunciar o...

‘Parlamento não pode ficar a serviço do jogo eleitoral’, diz Marcos Rogério sobre CPI do MEC

Com a assinatura de 31 senadores, o pedido de instauração da CPI do MEC, que visa apurar as denúncias de corrupção no Ministério da...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com