Joaquim Barbosa: ‘Forças Armadas devem permanecer quietinhas’

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa,...

COVID-19: casos estão em desaceleração em BH, diz secretária

Após constantes avanços e aumento acelerado no número de...

De herói a desacreditado: As crises que implodiram o governo britânico e derrubaram Johnson

Boris Johnson chegou ao poder de forma triunfal em...

Jonas Esticado é acusado de diversas traições pela ex-mulher; cantor se manifesta

O cantor Jonas Esticado rebateu as acusações da ex-mulher,...

Ricardo Guimarães revela quem aprovou contratação de Godín no Atlético

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
A contratação do experiente Diego Godín, de 36 anos, no início da temporada 2022, ainda gera críticas no Atlético. O defensor uruguaio não conseguiu ter bom desempenho com a camisa alvinegra e está próximo de rescindir o contrato para assinar com o Vélez Sarsfield, da Argentina.

Um dos membros do órgão colegiado do Atlético, o ex-presidente Ricardo Guimarães explicou a contratação do uruguaio, jogador que teve passagem de destaque com a camisa do tradicional Atlético de Madrid, da Espanha.
De acordo com o investidor, o nome foi indicado pelo Centro de Informações do Galo (CIGA), que enxergou no uruguaio uma oportunidade de substituir Junior Alonso, vendido em janeiro para o Krasnodar, da Rússia (o paraguaio acabou voltando ao Alvinegro por empréstimo). Ricardo Guimarães, no entanto, deixou claro que a chegada de Godín foi aprovada por todos os dirigentes atleticanos.
“Não só o Godín, como qualquer outro jogador… nem o presidente, nem o vice, nem os 4’Rs dão canetadas. Nós, dirigentes, não damos canetadas. A gente segue as indicações. Todos os jogadores que vieram, incluindo o Godín, foram indicação do CIGA, vieram do futebol, e tiveram a nossa anuência, nossa concordância, com muita alegria. Ter a oportunidade de contratar o Godín… ficamos satisfeitos. Todos nós avaliamos e gostamos. Mas a indicação veio da parte técnica”, disse Ricardo em entrevista ao canal do jornalista Breno Galante, no YouTube.
Godín chegou ao Atlético após rescindir com o Cagliari, da Itália. Nos primeiros meses de Galo, foram apenas nove jogos e um gol marcado. O defensor foi extremamente criticado por torcedores por alguns gols sofridos e precisou ser defendido pelo clube alvinegro nas redes sociais.
Nas últimas semanas, Godín deixou claro o desejo de sair do Atlético. O defensor diz que o principal objetivo dele é chegar em forma para a disputa da Copa do Mundo com a Seleção Uruguaia. Como não vem jogando no Galo, deseja uma transferência para um time onde possa ter mais minutos em campo.
O Vélez Sarsfield, da Argentina, apareceu como oportunidade de mercado. Godín deixou claro que tem interesse em ir para o clube argentino. Para isso, precisa chegar a um acordo de rescisão com a diretoria alvinegra, algo que deve acontecer na próxima semana.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Palmeiras goleia Cerro e enfrenta o Atlético nas quartas da Libertadores

O torcedor palmeirense viveu uma festa em grande estilo na noite desta quarta-feira (6), no Allianz Parque. Com direito a gol de bicicleta de...

Flamengo massacra Tolima e pega Corinthians nas quartas da Libertadores

O Flamengo não deu chance para o azar e goleou por 7 a 1 o Tolima-COL, nesta quarta-feira (6), no Maracanã. Com o resultado,...

Melgar vence Deportivo Cali e encara o Inter nas quartas da Sul-Americana

Na noite desta quarta-feira, o Melgar recebeu o Deportivo Cali pela rodada de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana, no Estádio Monumental...