Mulher mata marido asfixiado e chama a polícia para se entregar

Um homem de 51 anos foi morto asfixiado pela...

Protestos no Equador já duram mais de duas semanas e causaram mais de R$ 500 milhões em prejuízos

Os milhares de manifestantes indígenas que seguem mobilizados em...

Tropicalismo, parceria com Caetano e governo Lula: Relembre a carreira e os 80 anos de Gilberto de Gil

Neste domingo, 26, Gilberto Gil, completa 80 anos. Bom...

Marcus D’Almeida faz história e conquista medalha de ouro inédita no Mundial de Tiro com Arco

Marcus D’Almeida brilhou na manhã deste domingo, 26, ao...

Representante das Forças Armadas fica em silêncio durante reunião com o TSE

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizou a primeira reunião da Comissão de Transparência das Eleições, com participação do general Heber Portella como representante das Forças Armadas. Com isso, a expectativa era de uma possível fala do militar, mas ele ficou em silêncio. A relação entre Forças Armadas e Justiça Eleitoral ficou mais estremecida depois que o ministro da Defesa enviou um ofício dizendo que os militares não se sentiam prestigiados. A reunião desta segunda foi para apresentar o resultado dos trabalhos e estudos feitos pela Justiça Eleitoral para assegurar a transparência e auditabilidade do pleito. O presidente do TSE, ministro Edson Fachin, abriu as discussões afirmando que a Justiça Eleitoral está preparada para conduzir as eleições de forma limpa e transparente. Em seguida, o vice-presidente da Corte, ministro Alexandre de Moraes, que assume a presidência em agosto, disse que a gestão de Fachin é marcada pela abertura ao diálogo, o que deve ser mantido em sua gestão. A confirmação da presença de Heber Portella aconteceu por meio de ofício do ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira. No documento, ele também solicitou uma reunião específica entre equipes técnicas do tribunal e das forças militares. Segundo ele, é necessário tempo e interação presencial para o aprofundamento das discussões sobre aspectos técnicos complexos.

Leia também Ministro diz ao TSE que vai indicar nomes de militares para fiscalizar urnas TSE rejeita ação do PL contra Lula por propaganda eleitoral antecipada *Com informações do repórter Iasmin Costa

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Luva de Pedreiro reclama que empresário bloqueou até seu TikTok 

Em mensagem postada na noite deste domingo (26/6), o influenciador Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, reclamou que perdeu o acesso à conta dele...

Bolsonaro confirma Braga Netto como vice em sua chapa

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou, ao programa 4x4 no Youtube, que o ex-ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto, será seu vice-presidente na...

Bolsonaro afirma que pretende indicar Braga Netto como vice na chapa

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou neste domingo, 26, que pretende anunciar o general Braga Netto, ex-ministro da Defesa e da Casa Civil, como...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com