Losartana: veja os lotes e o que fazer para trocar o remédio

Foi determinado, nesta quinta-feira (23/6), que lotes de medicamentos...

Divinópolis: vereador deixa vice-presidência da Câmara por nojo dos colegas

O vereador de Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas Gerais,...

Homem é suspeito de furtar a própria mãe em Minas

Um homem de 41 anos, que há poucos dias...

Mulher morre durante teste físico para oficial do Exército

O Comando Militar do Leste (CML) abriu um processo...

PSDB decide apoiar candidatura de Simone Tebet

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), através da sua Executiva Nacional, confirmou nesta quinta-feira, 9, que irá apoiar a pré-candidatura da senadora Simone Tebet (MDB) ao Planalto. Segundo o presidente nacional da sigla, Bruno Araújo, 33 membros da Executiva depositaram seu voto sobre a possível aliança. Destes, 32 votaram de maneira favorável à coligação – com um nome do PSDB para compor a chapa no lugar da vice presidência – e um voto contrário – este do deputado federal Aécio Neves (MG) – e não houveram abstenções. “PSDB tomou essa decisão na tarde de hoje, o que afasta qualquer hipótese e discurso sobre divisão interna, dado o tamanho poderoso do resultado apresentado. Estamos abrindo mão de um papel histórico de protagonismo com nossa candidatura em torno de um projeto, porque sabemos que o PSDB não nasceu para servir a ele próprio, mas servir como alternativa aos eleitores e a um projeto de Brasil. É nessa aposta que nós vamos votar em Tebet, indicar um vice e começar a preparar um projeto pelo país”, alegou.

Bruno ressaltou que o nome que será lançado pelo partido como vice de Simone Tebet ainda não foi debatido. Segundo o político, é momento para os tucanos passarem a colaborar com o plano de governo da pré-candidata e na apresentação de ideias que melhorem a situação do país. “A vaga de vice é construída e acordada com o PSDB, nós vamos oferecer o que tiver de melhor que possa colaborar com a caminhada de Tebet”, alegou. Ao ser questionado sobre possíveis resistências ao nome da emedebistas em determinados Estados, o presidente da legenda admitiu que haverá dificuldades em algumas regiões do país para compor com o nome de Tebet. “Mas o que vai valer é o conjunto dessa unidade em um projeto se comunicando diretamente com o eleitor”, disse.

 

*Mais informações em instantes

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Com o apoio da torcida, Vasco bate Operário por 3 x 0 em casa

Mais uma vez empurrado por sua torcida, que voltou a lotar São Januário e fazer dele um verdadeiro caldeirão, o Vasco venceu o Operário-PR,...

Divinópolis: vereador deixa vice-presidência da Câmara por nojo dos colegas

O vereador de Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas Gerais, Roger Viegas (Republicanos), renunciou ao cargo de vice-presidente da Mesa Diretora, alegando falta de "respeito...

São João de Paripe leva diversão para as famílias e renda extra para os trabalhadores do Subúrbio

Foto: Antonio Queirós / GOVBA Mais de três mil pessoas se divertiram...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com