Devido orientação médica, Os Barões da Pisadinha cancelam shows em municípios da Bahia

A banda Os Barões da Pisadinha precisou cancelar...

Justiça condena ginecologista a 16 anos de prisão por abusar pacientes em consultas

A 1ª Vara Judicial da Comarca de Canguçu...

Autor do gol, Diego Torres vibra com vitória do Novorizontino sobre o Bahia

O Novorizontino surpreendeu o Bahia e venceu o...

Presidente francês pede que Zidane treine PSG para ‘promover o país’

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Torcedor declarado do Olympique de Marselha, o presidente da França, Emmanuel Macron, vem se mostrando bastante engajado quando o assunto é um dos rivais do seu time: o Paris Saint-Germain. Dias após revelar que conversou com Mbappé sobre a permanência do jogador na capital francesa, o político falou o quanto gostaria de ver a lenda Zinedine Zidane como treinador do PSG.

O clube não está oficialmente em busca de um novo técnico, até porque Mauricio Pochettino ainda é o dono do cargo. Apesar disso, já faz um tempo que a imprensa da França vem especulando sobre a possível contratação de Zidane. Em entrevista à rádio francesa RMC, Macron disse acreditar que a contratação do ex-meia pelo time parisiense seria positiva para o país.

“Eu não conversei (com Zidane), mas tenho uma grande admiração por ele, como jogador e treinador. Ele venceu três Liga dos Campeões com o Real Madrid, que é algo que queremos para nossos clubes. Queremos ele de volta para promover a França. Eu espero, pelo impacto que teria na liga francesa e para a França, que Zidane volte e treine um grande clube francês, seria ótimo”, afirmou o presidente.

Macron ainda disse que o seu papel enquanto presidente é “dizer que a França é uma grande nação para o esporte e o futebol, e que há pessoas maravilhosas aqui que amam este esporte”. O político argumentou que quer os melhores jogadores atuando no país e que atletas que fizeram sucesso na França, como Zidane, retornem para acrescentar no esporte do páis.

“É importante para nós que os melhores jogadores que nós treinamos, que brilharam em nível internacional, possam voltar ao nosso país”, disse durante a entrevista à RMC.

Essa não foi a primeira vez que Emmanuel Macron “interferiu” em contratações do PSG. Recentemente, ele revelou em entrevista ao jornal Le Parisien, que teve uma conversa com Kyllian Mbappé, enquanto o jovem astro, então na mira do Real Madrid, ainda negociava sua renovação com o PSG. Na ocasião, afirmou ter dado conselhos ao atacante porque “o papel de um presidente é defender o país”.

Além disso, quando Neymar foi contratado pelo PSG em 2017, o presidente afirmou ao dono do clube, o magnata árabe Nasser Al-Khelaifi, que ele estava trazendo “ótimas notícias” para o país.

A situação do comando técnico do clube parisiense, contudo, permanece nebulosa. Pochettino tem contrato por mais um ano e chegou a comentar o assunto nesta semana, quando brincou ao dizer que é “demitido toda semana”, mas que está tranquilo sobre o próprio futuro.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Palmeiras empata com o Avaí e desperdiça chance de disparar na liderança do Brasileirão

O Palmeiras empatou por 2 a 2 como Avaí, na tarde deste domingo, 26, na Ressacada, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2022, e...

Após demissão de Guto, Bahia anuncia retorno de Enderson Moreira ao comando

Depois de demitir Guto Ferreira, a diretoria do Esporte Clube Bahia anunciou, neste domingo (26), que Enderson Moreira voltará ao cargo de técnico...

Palmeiras é derrotado pelo Vasco, mas conquista tri da Copa do Brasil sub-17 com gols de Endrick

O Palmeiras não fez uma grande partida e acabou sendo derrotado pelo Vasco por 4 a 2, na tarde deste domingo, 26, em São...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com