Feira: Motorista de aplicativo confundido com ex-empresário de Luva de Pedreiro é ameaçado

O motorista de aplicativo Alan Santos de Jesus,...

Bahia vence o Vitória nos pênaltis e conquista o tetra do Campeonato Baiano Sub-20

O Bahia venceu o Vitória nos pênaltis e...

Votação da PEC que amplia auxílio Brasil e cria voucher para caminhoneiros é adiada

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, decidiu...

Caixa muda posição e diz que recebeu denúncias de assédio por canal

Depois da saída de Pedro Guimarães da presidência da...

Polícia dos EUA recebe ameaças de morte após prender supremacistas brancos

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A polícia de Idaho, oeste dos Estados Unidos, recebeu ameaças de morte após prender 31 supostos supremacistas brancos que se preparavam para causar tumulto em um evento do orgulho LGBT+ no fim de semana, anunciou um oficial nesta segunda-feira. As prisões ocorreram no sábado, após uma denúncia sobre homens com o rosto coberto que “pareciam um pequeno exército” subindo em um caminhão, aparentemente indo para o evento que acontecia em um parque na cidade de Coeur d’Alene. Os homens, que a polícia acredita estarem ligados ao grupo neofascista “Frente Patriota”, foram interceptados antes de chegarem ao parque. Eles estavam armados com equipamentos para motins e foram presos por conspiração para causar tumultos, disse Lee White, chefe da polícia municipal dessa pequena cidade de Idaho.

Em entrevista coletiva, White contou que, desde que as prisões foram realizadas, metade das 150 ligações recebidas por seu departamento foram anônimas, de pessoas querendo “gritar conosco” e proferindo “ameaças de morte” contra ele e outros membros do departamento de polícia. White atribuiu as ligações a “grupos de ódio” de fora de Coeur d’Alene, incluindo uma pessoa que telefonou da Noruega para “nos dar sua opinião”. Segundo o comandante policial, os detidos procedem de 11 Estados e não haviam sido detectados previamente representantes da Frente Patriota na área. O FBI presta assistência às autoridades locais, segundo a porta-voz Sandra Barker. “Se durante a investigação surgirem informações sobre uma potencial violação das leis federais, a polícia federal americana está preparada para investigar”, disse Barker.

*Com informações da AFP

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Zelenski pede que ONU considere Rússia um Estado terrorista

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dirigindo-se ao Conselho de Segurança da ONU nesta terça (28), o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, mencionou os nomes...

‘Rússia representa ameaça direta para segurança’, diz secretário da Otan

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, informou que a Aliança considera a Rússia como uma “ameaça direta” para...

Rosa, a Tiktoker de 81 anos com mais de sete milhões de seguidores

Com humor e criatividade, Rosa, de 81 anos, tornou-se uma tiktoker de sucesso com nada mais, nada menos, do que sete milhões de seguidores...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com