Câmara convoca ministro da Educação para esclarecer suspeitas de corrupção no MEC

A Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de...

Pacheco diz que definição sobre CPIs ocorrerá na próxima semana

O presidente do Senado Rodrigo Pacheco (PSD-MG) afirmou que...

Bolsonaro agora diz que não há corrupção endêmica no governo: Casos que ‘pipocam’

Após três anos e seis meses de reiterada...

Quadrilha com envolvimento em homicídios e tráfico é presa em Santo Antônio de Jesus

Quatro mulheres e um homem suspeitos de envolvimento...

Pires diz que não quer rever colegas ‘nem pintados de ouro’ em No Limite

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Definitivamente, o diretor pedagógico Matheus Pires, 30, foi um dos maiores destaques da atual edição Do reality No Limite (Globo). Mesmo tendo sido eliminado, ele conta que sua principal função não era ser campeão e levar para casa o prêmio de R$ 500 mil, mas gerar entretenimento.

“Não me arrependo de nada, pois a ideia era causar”, conta ele em entrevista ao F5.” Usei uma estratégia para jogar sem amaras e criei o personagem Pires para poder fazer o que eu quisesse sem precisar pensar em cancelamento. Queria gerar entretenimento sem a preocupação se eu manteria meu emprego ou meu casamento. Me joguei.”

Logo que o jogo começou, o carioca se identificou para todos como Pires, que de fato é seu sobrenome. Porém, tratava-se de uma leve mentira, já que para as câmeras ele dizia que nunca ninguém o chamava assim na vida real, mas de Matheus. Já quando o momento era o de confraternizar, não foram poucas as vezes em que ele revirava os olhos por ter de conviver com gente que ele não suportava. Esse tipo de coisa foi aproximando o participante do público do lado de fora.

“De fato a convivência é o mais difícil, a privação de coisas básicas como cama, comida, privada, sabonete. Eu tinha de dormir na areia e já acordava todo quebrado. Parecia que nunca estávamos limpos”, relembra ele, que –sem papas na língua– aponta sobre a vida pós-programa: “Não tenho muita vontade de ver nem pintado de ouro várias daquelas pessoas”.

“A gente fica preso a essas pessoas com as mesmas histórias o tempo todo, gente que com certeza eu jamais teria contato se não fosse pelo jogo. Isso foi cansativo também”, emenda. Dentre as pessoas que ele vai querer manter contato estão Pedro, Victor e Lucas. Com o último ele dormia junto e até deu um selinho. Mas nada que tenha abalado a relação aberta com o marido.

“Conversamos muito sobre o que eu poderia ou não fazer. Sabia dos limites e não ultrapassei nenhum deles”, afirma. “Estávamos com muita saudade um do outro e a primeira coisa que fiz com ele foi namorar muito após minha saída.”

O balanço final da participação de Pires no programa foi positivo. O carioca conta que a repercussão dos episódios fez com que ele melhorasse sua relação com a mãe e a irmã, pessoas de quem já afirmou ter sofrido gordofobia. Agora, Pires espera poder pegar todas as oportunidades que puder, até mesmo o convite para A Fazenda (Record). “Participei do reality mais complexo de todos, então qualquer outro não seria tão difícil.”

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Como será distribuída a fortuna de Chadwick Boseman (sem testamento)

Em agosto de 2020, o mundo do cinema ficou de luto com a morte de Chadwick Boseman, que perdeu a vida aos 43 anos...

Wesley Safadão é internado e equipe do cantor anuncia seu afastamento dos palcos

O cantor Wesley Safadão vai precisar se afastar temporariamente dos palcos por orientação médica. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 29, pela equipe do...

Famosos que se relacionaram com adolescentes

Para muitos casais, a idade é apenas um número. Celebridades namorando jovens estrelas também não é novidade, mas, em tempos da campanha #MeToo, alguns...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com