Pedrinho recusa nova oferta do Lille e está em BH para assinar com o Galo

O Lille, da França, tentou atravessar de novo o...

Um dos jogos mais elogiados da última década chegará à Switch

A Nintendo anunciou durante a mais recente apresentação Direct...

Contribuintes britânicos tornam-se acionistas de firma de festas sexuais

Durante a pandemia da Covid-19, alguns estados emprestaram verbas...

Canela é uma verdadeira aliada da boa saúde; saiba mais!

Poucos alimentos beneficiam tanto o metabolismo e a saúde...

Pia comanda primeiro treino da Seleção Brasileira de olho em amistosos

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
A técnica Pia Sundhage comandou nesta terça-feira a primeira atividade da Seleção Brasileira Feminina de olho nos amistosos contra Dinamarca e Suécia. O treino aconteceu no período da tarde, no Rundforbi Stadium, em Copenhagen.

A Seleção Feminina realiza mais um treino nesta quarta-feira, às 17h (de Brasília), no Rundforbi Stadium. O amistoso contra a Dinamarca será no dia 24, no Estádio Parken, enquanto a partida contra a Suécia será no dia 29, na Friends Arena, em Estocolmo.

Com a chegada de Debinha e Kerolin pela manhã, a atividade desta terça-feira contou com 22 atletas convocadas. A defensora Thais, do Palmeiras, se apresentou ao longo da tarde e não participou do treinamento por conta do desgaste da viagem.
Na primeira etapa do treino, Pia priorizou a atividade de suporte e apoio, que tem como objetivo a precisão no passe e ajuda na movimentação com e sem bola. Logo após, a sueca optou por um trabalho de transição ofensiva e defensiva de oito contra cinco, alternando ações de ataque e defesa. Em seguida, o grupo atuou em um coletivo de 11 contra 11.
Duda Sampaio, de apenas 21 anos, falou sobre a sensação de ser convocada para a Seleção Brasileira principal em entrevista coletiva.
“Estou muito feliz por estar aqui neste momento. Desde o início, tive a oportunidade de evoluir muito com as passagens pela Seleção Sub-17 e, principalmente, pela Sub-20, onde integrei um período mais longo de convocações. Para a Seleção Principal, acredito que (a oportunidade) vem muito do trabalho dentro do clube, o Internacional tem me ajudado muito a crescer. Como já disse em outras entrevistas, é um momento em que me sinto mais preparada. Espero poder contribuir da melhor maneira, mostrar meu futebol, o motivo de eu ter chegado até aqui e manter o mesmo nível para ser chamada novamente”, enfatizou.
“Tenho jogado muito no meio-campo na função de segunda volante. Consigo ajudar tanto na saída, na construção e ainda me possibilita de chegar para a finalização. É uma posição que me sinto confortável e espero sair com alguns gols também (risos). Ser convocada é um sonho e espero estar à altura disso. Espero que seja a primeira de muitas para que eu possa me firmar ainda mais como atleta, como uma profissional de futebol. Quero contribuir da melhor maneira possível. A Seleção tem toda uma história, principalmente com a camisa 10. Espero conseguir construir a minha ao longo do tempo”, completou a jogadora do Internacional.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Fred, volante da Seleção, acompanha Atlético x Flamengo no Mineirão

 Revelado na base do Atlético, o volante Fred, do Manchester United e da Seleção Brasileira, esteve presente no Mineirão nesta quarta-feira (22). O jogador...

Ex-Atlético, Emerson relembra expulsão pela Seleção: ‘Não era para cartão’

Ex-lateral-direito do Atlético, Emerson Royal relembrou sua expulsão pela Seleção Brasileira no empate por 1 a 1 contra o Equador, pela 15ª rodada das...

CBF desmembra mais 12 rodadas da Série B; veja jogos do Cruzeiro

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) desmembrou nesta segunda-feira (20) mais 12 rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro. Foram definidos dias, horários e...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com