Ex-sem-teto Givaldo Alves vende ‘Pau de Mendigo’ sem aval da Anvisa

Após ficar famoso por ter mantido relações sexuais...

São João de Porto Seguro recebe 80 mil pessoas em show de Amado Batista

O cantor Amado Batista, que completa 47 anos...

Bolsonaro diz que anunciará Braga Netto como candidato a vice

Jair Bolsonaro (PL) afirmou na noite deste domingo (26/6)...

PF diz que há mais 5 pessoas investigadas pelas mortes de Dom e Bruno

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O comitê de crise coordenado pela Polícia Federal no Amazonas informou, neste domingo (19), que outras cinco pessoas estão sendo investigadas por envolvimento nas mortes do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista Dom Philips. Esses investigados teriam participado da ocultação dos corpos.

Outras três pessoas já se encontram presas. Neste sábado (18), a justiça do Amazonas decretou a prisão temporária por trinta dias de Jeferson da Silva Lima, conhecido como Pelado da Dinha.

Além dele, já tinham sido presos Amarildo da Costa Oliveira, vulgo Pelado, e o irmão dele, Odenei, conhecido como Dos Santos.ebcebc

Jeferson teve um mandado de prisão expedido pela justiça na sexta-feira e chegou a ser considerado foragido.

Mas ele se entregou no sábado na delegacia de Atalaia do Norte. Até o momento, apenas Amarildo confessou o crime.

Foi ele quem indicou a localização dos restos mortais de Bruno e Dom.

A análise dos peritos da Polícia Federal confirmou a identidade dos restos mortais encontrados no local indicado por Amarildo como sendo do indigenista e do jornalista.

Ambos foram mortos com munição de caça. Segundo o laudo, Bruno foi atingido no tórax e na cabeça e Dom foi baleado no tórax. Os dois foram identificados pela arcada dentária, sendo que a confirmação de Dom se deu também pelas impressões digitais.

Além dos oito investigados, a polícia prossegue com os trabalhos para descobrir os motivos e com a busca pela embarcação em quem estavam Bruno Pereira e Dom Philips.

O indigenista e o jornalista inglês, correspondente do jornal The Guardian no Brasil, estavam desaparecidos desde 5 de junho na região do Vale do Javari, no oeste do Amazonas.

Direitos Humanos Brasília PF tem mais 5 suspeitos de participação na morte Dom e Bruno Pereira 19/06/2022 – 19:35 Luiz Cláudio Ferreira (web) Ana Lúcia Caldas, da Rádio Nacional bruno e dom Amazonas Javari Polícia Federal Jornalismo indígena domingo, 19 Junho, 2022 – 19:35 2:06

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com