Noivos são roubados após festa de casamento e lua de mel é adiada

Um casal de São Paulo passou por um...

Procissão volta às ruas para celebrar Nossa Senhora da Boa Viagem

Dia de rezar e também de homenagear a...

Ator de ‘Homem-Aranha’, Tom Holland anuncia pausa nas redes sociais para cuidar da saúde mental

Tom Holland, ator principal do último filme de “Homem-Aranha”...

PF apreende 9 veículos em investigação sobre desvio de verbas públicas

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
A Polícia Federal (PF) de Uberaba, com apoio do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) – Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Uberaba – cumpriu na manhã desta sexta-feira (24/6) cinco mandados de busca e apreensão em residências de condomínio de luxo da cidade, durante a segunda fase da Operação Monturo.
 
Foram apreendidos nove veículos dos investigados. A ação teve como alvo pessoas envolvidas com desvio de verbas públicas na área da limpeza urbana da prefeitura.
 

Segundo informações divulgadas pela PF de Uberaba, as investigações identificaram indícios de relacionamento suspeito entre servidores da prefeitura e empresas subcontratadas por uma empresa que presta serviço de limpeza urbana no município.

 
“Durante as apurações surgiram evidências de superfaturamento, fraude a licitação, falsidade ideológica e recebimento de vantagens indevidas pelos servidores municipais”, informou.
 
Ainda de acordo com a PF de Uberaba, na segunda fase da operação, na manhã de hoje, além das apreensões dos veículos, também houve o sequestro de imóveis e bloqueio de valores depositados em instituições financeiras.
 
“Tudo isso é importante para a desarticulação da organização criminosa e ressarcimento ao erário público dos valores desviados”, complementa da PF.
 
As investigações dos supostos crimes continuam de forma sigilosa e a ainda não foram divulgados os nomes dos investigados.
 

1ª fase da operação 

 
A 1ª fase da Operação Montouro foi deflagrada no dia 28 de maio de 2020, quando foram cumpridos cerca de 20 mandados de busca e apreensão em Uberaba e nas cidades paulistas de Mauá e São Sebastião, onde foram apreendidos documentos, aproximadamente R$ 70 mil em dinheiro e cheques e cerca de US$ 3 mil.
 
Já as investigações dos supostos desvios de verbas públicas foram iniciadas em 2018. Na época o antigo secretário municipal de Serviços Urbanos e Obras de Uberaba, Antônio Sebastião de Oliveira, e o ex-secretário municipal de Fazenda, Wellington Fontes, foram exonerados dos respectivos cargos, já que ambos eram investigados na Operação Monturo.
 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Procissão volta às ruas para celebrar Nossa Senhora da Boa Viagem

Dia de rezar e também de homenagear a padroeira de Belo Horizonte. Após dois anos, os fiéis participam presencialmente, nesta segunda-feira (15/8), da tradicional procissão da Festa de...

Painéis fotovoltaicos roubados no ES e avaliados em R$ 1 mi são recuperados

  Aproximadamente 800 painéis de energia fotovoltaica roubados foram encontrados em Araguari. Os equipamentos tinham sido levados do Estado Santo e estavam em uma empresa na cidade...

Incêndio de grandes proporções mobiliza bombeiros na MG-010, em Vespasiano

Um incêndio de grandes proporções atinge a vegetação às margens da rodovia MG-010, no KM 24, na tarde deste domingo (14/8), em Vespasiano, Grande BH. O fogo está...