Losartana: veja os lotes e o que fazer para trocar o remédio

Foi determinado, nesta quinta-feira (23/6), que lotes de medicamentos...

Divinópolis: vereador deixa vice-presidência da Câmara por nojo dos colegas

O vereador de Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas Gerais,...

Homem é suspeito de furtar a própria mãe em Minas

Um homem de 41 anos, que há poucos dias...

Mulher morre durante teste físico para oficial do Exército

O Comando Militar do Leste (CML) abriu um processo...

Número de famílias endividadas reduziu 0,3% em maio

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O percentual de famílias brasileiras endividadas reduziu 0,3% em maio, na comparação com abril. Mesmo assim ficou em 77,4%, o que é quase 10 pontos acima da proporção verificada em maio do ano passado. Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo nesta terça-feira.ebcebc

Já a parcela da população que está inadimplente, ou seja, que tem contas ou dívidas em atraso, apresentou ligeiro aumento de 0,1 ponto percentual, chegando a 28,7%. A dificuldade em honrar as dívidas é influenciada, entre outros fatores, pela inflação que persiste acima dos 12% anuais.

A boa notícia é que a proporção de famílias endividadas desacelerou em todas as faixas de renda, inclusive entre as que ganham até 10 salários mínimos. Mas o patamar continua bastante alto, com 78,3%. De acordo com a economista da CNC, Izis Ferreira fatores positivos e negativos contribuíram para desaceleração.

O tipo de dívida mais comum continua sendo o cartão de crédito, que apresentou queda mensal de 0,3, chegando a 88,5% do total de famílias endividadas. No entanto, em um ano, a proporção de endividados nessa modalidade avançou 7,6 ponto percentual. Izis Ferreira salienta que neste caso houve divergência do comportamento na base e no topo da pirâmide de renda.

O levantamento da CNC também destaca que o comprometimento médio da renda familiar com dívidas também aumentou para 30,4%. Já do total de endividados, 22,2% precisaram destinar mais da metade da renda para pagar os débitos, maior proporção em 5 anos.

Economia Rio de Janeiro 07/06/2022 – 14:46 Leila Santos / GT Passos Tâmara Freire – Repórter da Rádio Nacional famílias Endividadas brasil porcentagem terça-feira, 7 Junho, 2022 – 14:46 192:00

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com