Após fala racista, Piquet será banido do paddock da Fórmula 1

Após a circulação de um vídeo onde o...

Ex-Cruzeiro, Gomes analisa ida de Richarlison ao Tottenham: ‘Degrau grande’

Ex-goleiro do Cruzeiro, Gomes analisou a possível ida de...

Rio de Janeiro confirma quinto caso de varíola dos macacos

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro...

Agressor de procuradora vira réu por tentativa de feminicídio

A Justiça acatou a denúncia do Ministério Público de...

Mudanças no Instagram podem afetar produção de conteúdo e influenciadores

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
A mais recente atualização do Instagram tem gerado debates entre usuários e influenciadores. Com feed de tela cheia e redução nos stories exibidos automaticamente, a plataforma agora se baseia no “modelo TikTok” para a reprodução de conteúdo.
A novidade impacta diretamente o consumo de conteúdo. “Os stories estão morrendo”, aponta a especialista em estratégias digitais e CEO da AcoutPlus, Adriana Coutinho, que integra o grupo de influenciadores que recebem antes as atualizações da plataforma.
De acordo com a especialista, o Instagram investe em novas estratégias para bater de frente com o TikTok, buscando mudar e redirecionar o comportamento dos usuários. “Após usar o “Cenas”, que não obteve o sucesso esperado, o Reels vem para realizar a substituição e vai ser o formato mais interessante dentro da rede”, explica Coutinho.

Instagram como meio profissional

Para a influenciadora brasiliense Nayla Neris, de 23 anos, as mudanças afetam negativamente seu trabalho. “É notório em relação aos insights, a diminuição de alcance, do número de visualização dos stories, com relação há um tempo. A entrega de material, de foto e vídeo postado não alcança mais o público. Essas mudanças afetam muito o consumo das pessoas”, relata.
Nayla divide seu tempo entre o trabalho com a produção de conteúdo, a faculdade e o trabalho presencial em uma empresa de saúde. “Essas mudanças tornaram a produção de conteúdo mais difícil. Para mim é muito mais fácil e prático somente tirar e postar fotos”, lamenta a jovem.
Por outro lado, as novas atualizações não são desanimadoras. Questionada se abandonaria a vida nas redes sociais, Nayla foi categórica: “O Instagram é um recurso de trabalho para muita gente, então a gente se adapta ao que está acontecendo no momento, como nos adaptaríamos a qualquer outro emprego”.
Segundo Coutinho, quem usa a plataforma como meio profissional precisa estar sempre atento às rápidas mudanças.”Temos que acompanhar as mudanças, se não vamos nadar e morrer na praia, pontua. A especialista enfatiza a necessidade de traçar estratégias e criar “networking”.
“Você precisa estar onde as pessoas (público-alvo) estão”, finaliza.

Mudanças no consumo

Moradora de São João del-Rei, no Campo das Vertentes, Lavínia Natália dos Santos, de 23 anos, era influenciadora. Com um perfil de mais de 22 mil seguidores, a jovem navegou por anos na produção de conteúdos. Hoje, decidiu excluir o perfil e se dedicar à faculdade.
Para Lavínia, o direcionamento do público para o reels é estratégico. “No reels a quantidade de visualizações fica exposta. Para muitas influencers, é muito importante você ter uma boa visualização, ou seja, números e quantidade. Qualquer um que tenha acesso ao perfil, clica e vê o número de visualizações nos vídeos”, comenta.
“Eu acredito que a mudança seja mais negativa do que positiva, criar conteúdo não é uma coisa fácil. Criar conteúdo para um stories é muito mais fácil do que o reels”, compartilha a jovem. “Para as pessoas que não criam conteúdo, se essa atualização for baseada realmente no TikTok, o Instagram vai estar perdendo a identidade da plataforma”.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Greve: motoristas de ônibus de São Paulo voltam a paralisar por 24 horas

Motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo voltam a paralisar atividades nesta quarta-feira (29/6). A paralisação começou às 0h desta quarta-feira (29/6) e...

Justiça julga greve dos ônibus como abusiva e determina retorno em SP

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) avaliou a greve dos motoristas e cobradores de ônibus em São Paulo como abusiva e...

INSS detalha procedimentos para atendimento presencial

Portaria publicada pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Diário Oficial da União de hoje (29) detalha regras e procedimentos para o atendimento presencial nas agências...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com