Caetité: Levada da Cabocla à Pedra do Conselho abre comemoração do 2 de julho

O município de Caetité realizou seu tradicional desfile...

Empresa é condenada a indenizar jovem que ficou em estado vegetativo após levar choque

A Justiça do Distrito Federal condenou uma empresa...

Fundado no fim de 2021, SSA FC confirma participação no Baianão Sub-15 e no Sub-17

Fundado no fim de 2021 (lembre aqui), o...

MPF acompanha desaparecimento de indigenista e jornalista na Amazônia

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A Procuradoria-Geral da República (PGR) informou hoje (6) que está monitorando as providências que estão sendo tomadas para localizar o indigenista Bruno Araújo Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips, correspondente do jornal The Guardian no Brasil. ebcebc

Segundo a coordenação da União das Organizações Indígenas do Vale do Javari (Univaja), região localizada no oeste do Amazonas, eles estão desaparecidos há mais de 24 horas. 

“A informação repassada ao MPF é que os agentes ligados a essas forças estão fazendo varreduras no trecho entre a comunidade São Rafael e o município de Atalaia do Norte (AM), onde teria ocorrido o desaparecimento”, informou a PGR. 

Na tarde de hoje, o procurador-geral da República, Augusto Aras, e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, se reuniram em Brasília para tratar de providências sobre o caso. 

Além da PGR, o Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas abriu um procedimento administrativo para acompanhar a questão e acionou a Marinha, a Polícia Federal (PF) e demais autoridades. 

Bruno Pereira e Dom Phillips chegaram na sexta-feira no Lago do Jaburu, nas proximidades do rio Ituí, para que o jornalista visitasse o local e fizesse entrevistas com indígenas. Segundo a Unijava, ontem os dois deveriam retornar para a cidade de Atalaia do Norte por volta de 9h da manhã, após parada na comunidade São Rafael, para que o indigenista fizesse uma reunião com uma pessoa da comunidade apelidado de Churrasco. No início da tarde, uma primeira equipe de busca da Unijava saiu de Atalaia do Norte em busca dos desaparecidos, mas não os encontrou.

A PF informou que também está acompanhando e trabalhando no caso. “As diligências estão sendo empreendidas e serão divulgadas oportunamente”, diz nota da instituição.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Concurso 2497 da Mega-Sena sorteia hoje (2/7) R$ 43 milhões

A Caixa sorteia neste sábado (2/7), às 20h, o concurso 2497 da Mega-Sena, com prêmio estimado de R$ 43 milhões para o acertador único...

Áreas de escape da pista do Aeroporto de Congonhas são concluídas

A implantação de um novo sistema na pista principal do aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, foi finalizada e entregue hoje...

Secretário de Segurança Pública fala sobre políticas para o setor

Foi lançado, nesta sexta-feira (1º) o Sistema Nacional de Análise Balística (Sinab). O novo sistema foi um dos assuntos abordados pelo secretário nacional de Segurança Pública...