Ex-sem-teto Givaldo Alves vende ‘Pau de Mendigo’ sem aval da Anvisa

Após ficar famoso por ter mantido relações sexuais...

São João de Porto Seguro recebe 80 mil pessoas em show de Amado Batista

O cantor Amado Batista, que completa 47 anos...

Bolsonaro diz que anunciará Braga Netto como candidato a vice

Jair Bolsonaro (PL) afirmou na noite deste domingo (26/6)...

Mortes semanais por Covid-19 sobem pela 1ª vez em quatro meses

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
1bb0593edde4f56879581ed3cbba004b1b069597

O mundo registrou na semana passada 8.737 mortes por Covid-19, um aumento de 4% em relação aos sete dias anteriores, o primeiro desde o início de fevereiro, segundo o relatório epidemiológico semanal da Organização Mundial da Saúde (OMS). Embora tenha havido um aumento acentuado de mortes em meados de março, isto se deveu a mudanças técnicas na contagem em países como Estados Unidos, Chile e Índia, que relataram casos de meses anteriores. De 6 a 12 de junho, as mortes aumentaram 21% na América (4.105) e 17% na região Ásia-Pacífico (1.882), enquanto na Europa os óbitos diminuíram 18% (2.208) e nas outras regiões, onde os números absolutos foram muito mais baixos, houve também declínios em relação à semana anterior. Os casos confirmados em nível mundial na semana passada foram de 3,2 milhões, muito semelhantes aos sete dias anteriores, apesar dos aumentos na América (até 13%, para 1,2 milhões), no Sul da Ásia (até 33%, para 67 mil) e no Oriente Médio (até 58%, para 33 mil).

Todas as outras regiões registraram quedas nos diagnósticos positivos, incluindo Ásia-Pacífico e Europa, onde o declínio foi de 8% em ambos os casos (970 mil e 873 mil infecções, respectivamente). A OMS destaca que os números atuais devem ser vistos com cautela, uma vez que muitos países reduziram significativamente o número de testes diante de uma proliferação de casos leves da doença. Os países com mais casos e mortes na semana passada foram Estados Unidos (743 mil infecções e 2.367 mortes) e China (501 mil e 1.201, respectivamente). Ao todo, 535 milhões de casos e 6,3 milhões de mortes foram confirmados desde o início da pandemia, há quase 30 meses.

*Com informações da EFE

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Arquibancada desaba e deixa quatro mortos em tourada na Colômbia

A queda de uma arquibancada durante uma tourada, neste domingo, 26, em El Espinal, na Colômbia, deixou ao menos quatro mortos e 70 feridos....
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com