Lore Improta revela bastidores de foto com Léo Santana: ‘P*u tava marcado demais’

Lore Improta voltou a comentar sobre o órgão...

Saiba o que motivou a briga entre os irmãos Diogo e Rodrigo Mussi

Diogo Mussi revelou, na última quarta-feira (7/7), que anda...

Suárez confirma que não irá para o River após queda na Libertadores

A eliminação do River Plate nessa quarta-feira (6/7) da...

Justiça suspende show de Wesley Safadão que custaria R$ 700 mil a município

A Justiça do Amazonas suspendeu a contratação pela Prefeitura...

Moradores denunciam desmatamento em área para expandir casa de eventos

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Moradores da QI 25 do Setor de Mansões Dom Bosco, no Lago Sul, e membros da Associação dos Moradores Lindeiros e Amigos do Canjerana (AMLAC) denunciam o proprietário do espaço de eventos Recanto dos Buritis por desmatar a vegetação de área pública da região e por supostamente desviar a água de um manancial que flui para o córrego Canjerana.

De acordo com os vizinhos, os problemas começaram em 2002 e agravaram-se ao longo dos anos. Na época, o empresário e os habitantes de outras chácaras do endereço contrataram funcionários para fazer o desvio de uma nascente para que a água fosse direcionada ao terreno deles. A construção de duas caixas d’água, segundo os denunciantes, teria ocasionado no rebaixamento do lençol freático.

“Desde então, temos solicitado providências do Setor Ambiental para resgatar o lençol freático, mas nada acontece”, lamentou uma vizinha, que prefere não se identificar.

Mais sobre o assunto Distrito Federal Desmatamento ameaça área de preservação em bairro nobre de Brasília Brasil Código Florestal faz 10 anos sem avanços e com desmatamento em alta Distrito Federal Ibram descarta esgoto como causa da morte de animais no Lago Paranoá Distrito Federal Ibram apura morte de capivaras e peixes nas proximidades da Ponte JK Outro problema identificado pelos membros da AMLAC diz respeito ao desmatamento da vegetação em uma área pública adjacente ao terreno que pertence ao Recanto dos Buritis. Conforme relataram os vizinhos, o proprietário teria começado pelo campo de futebol, depois cercou a área pública e, finalmente, colocou um portão.

Recentemente, além de expandir a área do lote para o campo de futebol, o empresário teria derrubado árvores de eucalipto em uma área aproximada de 10 mil metros quadrados e cercado o espaço. O cercamento, em conjunto com desflorestamento, eliminou um caminho carroçável que existia no território.

Canjerana(3) Construção de campo de futebol e cercamento de terreno eliminaram caminho carroçável, ilustrado em linha amarela Reprodução/GeoPortal

Canjerana(4) Imagem mostra campo de futebol e terreno desmatado Reprodução/GeoPortal

Canjerana(5) Terreno foi desmatado e cercado Imagem cedida ao Metrópoles

0 “Caminho carroçável é aquele que se deu através de uso e que deixou sua marca ou trilha, podendo ter sido produzida inclusive por animais. Pode, também, não ter tido planejamento urbanístico, pois, como dito, ocorre pelo hábito de passagem”, explica o perito em questão ambiental, Rodolfo Antônio da Silva.

O espaço desmatado era utilizado para circulação dos animais que vivem na região. Alguns moradores notaram que os pássaros estão sem local de pouso e os saguis encontram-se desnorteados. Esses habitantes questionam se, de fato, houve autorização dos órgãos competentes para o desmatamento.

Imagens obtidas por meio do Google Earth mostram o desmatamento da área ao longo dos últimos dois anos. Veja:

O que diz o Recanto dos Buritis Procurado pela reportagem do Metrópoles, o proprietário do Recanto dos Buritis, Leonardo Avalone, negou as acusações de desmatamento feitas pelos outros moradores e esclareceu que a área verde em questão é adjacente ao seu terreno.

“Eu não derrubei nenhuma árvore. Pelo contrário, nós tiramos somente mato e replantamos outras espécies, que estão catalogadas no local, e estamos cuidando da área. Além disso, não fiz o cercamento do terreno. Esses alambrados são das chácaras vizinhas. A minha é a única que não tem cerca”, esclareceu.

Segundo Avalone, as denúncias partem de uma briga particular. Ele alega que órgãos públicos competentes já foram à propriedade e o DF Legal não constatou nenhuma irregularidade referente a desmatamento e obras em execução no local.

Refúgio de Vida Silvestre Canjerana A propriedade Recanto dos Buritis fica próximo a um dos setores do Refúgio de Vida Silvestre Canjerana, mas não faz limite com a área de preservação. Criado como parque ecológico em 1996, com o intuito de proteger o córrego Canjerana, o espaço foi batizado em homenagem à árvore de mesmo nome encontrada no local.

Canjerana Refúgio de Vida Silvestre Canjerana, situado no Setor de Habitações Individuais do Lago Sul Reprodução/Ibram

Canjerana(1) Recanto dos Buritis está perto de um dos setores do Canjerana, onde fica a vereda dos buritis Reprodução/GeoPortal

Canjerana(2) Moradores denunciam desmatamento na região Reprodução/GeoPortal

0 A unidade de conservação é separada por vias criadas na urbanização do Lago Sul, o que acarretou na divisão da área de 49,2394 hectares, equivalente a mais de 80 campos de futebol, em seis setores.

Em 2019, o Canjerana foi recategorizado como Refúgio de Vida Silvestre, tendo em vista que sua área de preservação permanente do córrego é bem preservada, com matas de galeria, veredas e espécies arbóreas nativas, como o buriti e copaíbas, tombadas como patrimônio natural.

O que diz o Ibram O Instituto Brasília Ambiental (Ibram), responsável pela administração do Refúgio de Vida Silvestre Canjerana, limitou-se a informar, por meio de nota, que não recebeu denúncia sobre o caso de desmatamento na área pública e de captação da água proveniente da manancial.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Quer receber notícias do DF direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesdf.

O post Moradores denunciam desmatamento em área para expandir casa de eventos apareceu primeiro em Metrópoles.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Confira sete colecionáveis inspirados no filme “Thor: amor e trovão”

Acabou a espera para os fãs! O quarto filme de um dos heróis mais poderosos da Marvel, Thor: amor e trovão, estreia oficialmente nos...

Vídeo: ministro da Defesa foge de pergunta sobre possível golpe

O ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira, recusou-se a responder nesta quarta-feira (6/7) sobre a possibilidade de um golpe militar após as eleições...

Cinema e streaming: veja as estreias desta semana (7/7 a 13/7)

Após a estreia de Dr. Estranho no Multiverso da Loucura, que foi um sucesso de bilheteria em todo mundo, o Universo Cinematográfico da Marvel...