Comércio físico registra queda em julho após duas altas consecutivas

As vendas do comércio físico caíram no mês de...

Criminosos se disfarçam de moradores de rua em bairro do Centro de São Paulo

Criminosos disfarçados de moradores de rua roubam bateria de...

‘Quando houver confronto, que morra o bandido, não o policial’, afirma Rodrigo Garcia

O governador de São Paulo e candidato à reeleição,...

Idoso de 75 anos é preso após ser flagrado com armas e munição em ônibus na BR-324

Um idoso de 75 anos foi preso após...

Ministério da Justiça determina que TikTok retire conteúdos impróprios para menores de idade

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), órgão ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, determinou que aplicativo chinês TikTok suspenda a exibição de conteúdos impróprios para menores de 18 anos no Brasil.

De acordo com informações do g1, após despacho assinado por Laura Postal Tirelli, da Senacon, a rede social tem 72 horas para remover os conteúdos sob pena de multa diária no valor de R$ 1 mil. A determinação foi publicanada nesta sexta-feira (24) no Diário Oficial da União. 

O documento deve ser enviado ao Ministério Público Federal de São Paulo, ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, além da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD).

Em nota, o TikTok disse que ainda não foi notificado oficialmente e ressaltou que tem medidas para combater conteúdos impróprios para menores de 18 anos.

“Fazemos parceria com especialistas e organizações de segurança para apoiar este trabalho e dialogamos com líderes do setor para promover medidas de segurança dos jovens no TikTok, entre elas definir contas com menos de 16 anos como privadas por padrão e permitir que os pais vinculem suas contas às de seus filhos por meio da Sincronização Familiar”, afirmou a empresa. 

Ainda de acordo com levantamento do g1, Entre janeiro e dezembro de 2021, foram excluídos mais de 23,4 milhões de conteúdos brasileiros.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ponte Salvador – Ilha de Itaparica: MP recomenda realização de estudos técnicos

Os promotores de Justiça Cristina Seixas Graça, Ivan Ito de Oliveira e Eduvirges Tavares, do Ministério Publico estadual, recomendaram que o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos...

OAB-BA cria editora própria e núcleo repercussão prejudicial à advocacia

O Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Bahia (OAB-BA), na última sexta-feira (12), aprovou a criação do Núcleo de Identificação de Infrações com Repercussão...

Lelio Bentes é eleito novo presidente do TST para biênio 2022-2024

O Pleno do Tribunal Superior do Trabalho (TST) elegeu nesta segunda-feira (15), por unanimidade, o ministro Lelio Bentes Corrêa, para presidir a Corte no biênio 2022-2024. O novo...