Aporte da CBF à Série D ajuda a ‘manter prática do futebol viva’, diz presidente da FTF

O aporte designado pela Confederação Brasileira de Futebol...

Texto da PEC que amplia benefícios vai ser mantida pelo relator na Câmara

O deputado Danilo Forte (União-CE), relator da PEC...

Lucas Selfie faz piada após treta entre Dynho e Christian Figueiredo

Lucas Selfie foi o co-host da entrevista de Christian...

Godoy sobre caso MEC: “Só Milton Ribeiro pode dizer o que aconteceu”

Em audiência pública na Câmara dos Deputados, o ministro...

Milton Ribeiro e pastores passam por audiência de custódia nesta 5ª

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Três dos cinco presos durante a operação Acesso Pago, da Polícia Federal, passarão nesta quinta-feira (23/6) por audiência de custódia. O ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, de São Paulo, e o pastor Arilton Moura, do Pará, vão falar virtualmente. Já o pastor Gilmar Santos participará presencialmente, na 15ª Vara da Justiça Federal, em Brasília.

Mais duas pessoas foram presas durante a ação: o ex-assessor do MEC e advogado Luciano de Freitas Musse e o ex-assessor da prefeitura de Goiânia Hélder Diego Bartolomeu.

Eles foram presos preventivamente pela Polícia Federal nessa quarta-feira (22/6). De acordo com informações da Justiça Federal, as audiências estão previstas para as 14h desta quinta.

O juiz Renato Borelli, da 15ª Vara Federal de Brasília, havia negado o pedido da defesa do ex-ministro para que ele permanecesse preso em Santos e participasse da audiência de forma on-line. A PF, porém, teria argumentado não conseguir prover a logística necessária para o deslocamento para Brasília até as 14h, por isso o ex-ministro participará da audiência por videoconferência.

No mandado de prisão, ao qual a coluna Igor Gadelha teve acesso, Borelli cita os crimes de corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência para justificar a prisão de Milton Ribeiro.

Os crimes estão relacionados a um suposto esquema de corrupção envolvendo pastores evangélicos e distribuição de verbas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), ligado ao MEC, durante a gestão do ex-ministro do governo Bolsonaro à frente da pasta.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

 

O post Milton Ribeiro e pastores passam por audiência de custódia nesta 5ª apareceu primeiro em Metrópoles.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Homem que usou drone para jogar líquido fedido em ato de Lula é preso

Um dos responsáveis por operar o drone que jogou um líquido malcheiroso em militantes de um evento com a presença do ex-presidente Luiz Inácio...

Netflix anuncia filme de comédia com Lucas Penteado e Solange Couto

A Netflix anunciou mais um filme produzido no Brasil, desta vez voltado para a comédia. A plataforma estreia em 28 de julho o longa...

Após ser eleito como pior beijo por Mel Maia, lutador debocha na web

Após Mel Maia causar nas redes sociais com um vídeo onde fazia comentários sobre alguns homens com quem já se envolveu, os affairs decidiram...