Vanderlei Luxemburgo anuncia pré-candidatura ao Senado por Tocantins

Com uma carreira extensa como treinador, Vanderlei Luxemburgo anunciou...

Ibovespa cai 0,96% e volta a ficar abaixo dos 100 mil pontos; dólar fecha em queda, cotado a R$ 5,19

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de...

Câmara convoca ministro da Educação para esclarecer suspeitas de corrupção no MEC

A Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de...

Pacheco diz que definição sobre CPIs ocorrerá na próxima semana

O presidente do Senado Rodrigo Pacheco (PSD-MG) afirmou que...

Milagroso? Conheça o ácido poliglutâmico, novo queridinho do skincare

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O ácido poliglutâmico é a nova tendência para quem gosta de cuidar da beleza. O ingrediente vem sendo adotado como substituto do ácido hialurônico, com a função de hidratar e dar firmeza e flacidez à pele, enquanto retém a umidade da derme.

A Coluna Claudia Meireles, é claro, foi investigar a novidade e como ela pode ajudar a dar um boost na cútis. Aos detalhes!

Poder hidratante Apesar de ter as mesmas propriedades e resultados que seu antecessor, a substância promete ainda mais hidratação. De acordo com estudos, o ácido poliglutâmico forma um filme sobre a pele e pode reter até quatro vezes mais umidade do que o hialurônico.

Mais sobre o assunto Beleza 7 mitos e verdades sobre o ácido hialurônico, o queridinho do skincare Dino Cinco benefícios do ácido hialurônico para pele Beleza Beauty snacking: saiba como aderir à tendência das “pílulas” de beleza O novo ingrediente de sucesso no mercado da beleza foi popularizado pela maquiadora britânica Charlotte Tilbury, que acrescentou o ácido poliglutâmico na fórmula de seus séruns conhecidos como o “elixir mágico”.

O produto pode ser usado em complemento com o ácido hialurônico para combater rugas e linhas de expressão, além de dar um efeito iluminado à pele. Entretanto, como não é produzido pelo organismo, o novo queridinho do skincare ainda não pode ser aplicado em injeções para preenchimentos faciais e corporais.

A dermatologista Luanna Caires comenta que o produto é mais oleoso e pegajoso do que o ácido hialurônico, podendo ficar mais “pesado” em peles oleosas. Cabe ressaltar que esse tipo de pele também precisa de hidratação, com uso de produtos de textura mais leve.

Closeup shot of hands with face serum O ácido poliglutâmico pode ser manipulado em farmácias especializadas Sergey Mironov/Getty Images

preenchimento labial Ao contrário do ácido hialurônico, o ácido poliglutâmico não pode ser injetado no corpo humano Getty Images

creme facial Ele promete hidratação potente em todos os tipos de pele Getty Images

soja O ácido poliglutâmico é resultado da fermentação de alimentos contendo grãos de soja Getty Images

0 A substância se adapta a qualquer tipo de pele, especialmente as mais ressecadas. Produzida a partir da fermentação de bactérias presentes em alimentos com grãos de soja, ela ainda é pouco conhecida e usada no Brasil.

As viciadas em beleza, porém, já conseguem encontrá-la na composição de séruns, essências e hidratantes corporais. Outra forma é encomendar em farmácias de manipulação.

Origens O ácido poliglutâmico é produzido pela bactéria Bacillus subtilis, presente no substrato de soja fermentada em alimentos como o natto, uma iguaria japonesa. A substância formada é um polímero biodegradável e comestível, que não apresenta riscos à saúde humana.

Aplicação Para aplicar séruns ou cremes faciais com ácido poliglutâmico, é preciso estar com o rosto limpo, para que as moléculas sejam melhor absorvidas. O produto pode ser usado várias vezes durante o dia, a depender do nível de ressecamento da pele.

Quando não usar? Pessoas com alergia a soja devem evitar o uso do ácido poliglutâmico.  A especialista em dermatologia Luanna Caires acrescenta, ainda, que o ácido poliglutâmico não é recomendado para hidratações mais profundas, em contrapartida com o queridinho do skincare: “O ácido hialurônico tem moléculas bem menores e entra com mais profundidade, enquanto o ácido poliglutâmico tem moléculas maiores, promovendo hidratação nas camadas mais superficiais da pele”.

Assim como em qualquer outro tipo de tratamento, é indicado realizar uma avaliação profissional antes de começar a utilizar essa substância. Assim, os resultados serão ainda melhores.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

O post Milagroso? Conheça o ácido poliglutâmico, novo queridinho do skincare apareceu primeiro em Metrópoles.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Kalil diz que Zema tentou aliança com Lula: ‘Foi se ajoelhar no pé’

Pré-candidato ao governo de Minas Gerais, Alexandre Kalil (PSD) disse, nesta quarta-feira (29/6), que Romeu Zema (Novo) enviou emissários a São Paulo (SP) para...

Pacheco diz que definição sobre CPIs ocorrerá na próxima semana

O presidente do Senado Rodrigo Pacheco (PSD-MG) afirmou que pretende definir o possível andamento dos requerimentos apresentados pela bancada governista e oposicionista sobre a...

Bolsonaro agora diz que não há corrupção endêmica no governo: Casos que ‘pipocam’

Após três anos e seis meses de reiterada defesa de que não há corrupção no governo federal, apesar de denúncias de irregularidades nos...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com