ʽVida na Amazônia está por um fioʼ, diz bispo (Por Bernardo Mello)

Na segunda-feira, o Papa Francisco vestiu um cocar e...

Histórico de mortes na defesa da Amazônia vai além de Dom e Bruno

"Está todo mundo muito triste." O sentimento de um...

AstraZeneca: validade estendida é eficaz e segura, diz professor da UFMG

Quem foi aos pontos de vacinação contra a COVID...

MEC realoca recursos e reduz corte de verbas para universidades federais

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
mec minist%C3%A9rio da educa%C3%A7%C3%A3o

O Ministério da Educação (MEC) realocou recursos para ajudar universidades federais que enfrentam dificuldades. Na semana passada, o MEC já havia informado que o corte de verbas previsto para 2022 seria menos abrangente. O governo federal ainda prevê a liberação de 50% dos R$ 3 bilhões relativos a custeio de investimento, que estavam bloqueados. A diretoria de desenvolvido de universidades do ministério, Sthepanie Silva, explica que a medida favorece o setor como um todo. “O MEC também realocou um recurso para as universidades brasileiras que não têm hospitais universitários, para contribuir com os campos de práticas, em 2022, foram alocados R$ 30 milhões para essa finalidade. O MEC, por meio da secretaria de educação superior, conseguiu proporcionar alguns incrementos no orçamento discricionário das universidades em relação ao de 2021”, afirmou. Em audiência na Câmara, ela também afirmou que a pasta está priorizando os investimentos em ciência e tecnologia.

Já o presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior, Marcos Davi, pediu mais recursos. “É importante registrar que esses esforços atenuam um pouco dos problemas que estamos enfrentando, mas estamos enfrentando dificuldades que vai além do próprio Ministério da Educação. O que observamos é que o orçamento das universidades tiveram uma redução muito expressiva quando comparamos o período de 2014-2015 até agora, em 2022. Nos anos de 2020 e 2021, sofremos perda orçamentárias muito expressivas na universidade”, pontua. Ele também chamou atenção para a necessidade de melhorar a infraestrutura de pesquisa no Brasil. Na sexta-feira, 3, o ministro da Educação, Victor Godoy, afirmou que a redução da verba destina a universidades federais será de 7,2% e não de 14,5% como havia sido anunciado anteriormente.

*Com informações da repórter Camila Yunes

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Histórico de mortes na defesa da Amazônia vai além de Dom e Bruno

"Está todo mundo muito triste." O sentimento de um dos índios que ajudaram nas buscas do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom...

Crédito rural do BB chega a R$ 254 bi no primeiro trimestre de 2022

O Banco do Brasil (BB) é o principal financiador da agricultura e pecuária nacionais, respondendo por mais de 50% do crédito rural do sistema...

Luciano Vieira, vereador do Rio de Janeiro, tem carro atingido por tiros na Avenida Brasil

O vereador Luciano Vieira (Avante-RJ) passou por um susto no último sábado, 25, ao ver seu carro ser atingido por tiros na Avenida Brasil,...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com