Prefeito de Itaberaba rebate Rui e diz que gestão de hospital não será privatizada

O prefeito de Itaberaba, Ricardo Mascarenhas (PP), rebateu...

Feirenses presas na Tailândia ficaram isoladas em presídio por 2 semanas, diz site

As duas irmãs feirenses presas na Tailândia por...

Defensoria pede nova reinterpretação de norma de colégio militar sobre penteado de alunos

A Defensoria Pública da Bahia (DP-BA) quer que...

‘É o momento de ajudar e dar o meu melhor’, diz Matheus Bahia sobre volta ao time

O lateral-esquerdo Matheus Bahia voltou a ser figura...

‘Mark Ruffles’: Bolsonaro rebate críticas de ator de Hulk

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O presidente Jair Bolsonaro rebateu as críticas do ator Mark Ruffalo, intérprete do herói Hulk no cinema, na noite dessa quinta-feira (9/6). O astro das telonas chamou o presidente de homem que “não respeita a democracia” e  de ameaça “constante de golpe”.

A declaração foi feita em um tweet destinado ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que se reuniu ontem com Bolsonaro. O ator e ativista pedia para que o encontro não ocorresse e que o americano ficasse “do lado da democracia”.

Em resposta, Bolsonaro disse que Ruffalo não havia lido a Constituição Brasileira e ironizou o trabalho do ator: “Tenho certeza que não é tão difícil como as falas do Hulk que você tem que decorar: AGHFRR”, tuitou.

Bolsonaro ainda afirmou que, caso o ator lesse a Constituição, veria que “não apenas estou respeitando, mas protegendo o Estado de Direito do Brasil”. Além disso, Bolsonaro errou o nome do ator, chamando-o de Mark Ruffles.

 

Nos tweets seguintes, Bolsonaro acusa a “esquerda brasileira de querer controlar a imprensa, coibir a liberdade de expressão, censurar a internet e apoiar financeiramente ditaduras, como Cuba e Venezuela. Não eu”.

Em seguida, Bolsonaro se comparou ao Capitão América, que faz parte da liga de super-heróis da Marvel, junto com o Hulk. “Deixe-me simplificar: se o Capitão América for eleito por +55 milhões de pessoas e o Thanos, que é estrangeiro e não sabe nada sobre os EUA, tenta interferir no território ou no processo eleitoral americano, é o Thanos, e não o Capitão América, que está desrespeitando a democracia”, afirmou.

Por fim, Bolsonaro criticou o personagem de Ruffalo: “o Hulk original era muito mais legal. Ele não precisava de um computador para parecer forte e realmente entendia algo sobre a natureza”. Ruffalo é presidente da ONG Water Defense e é crítico ferrenho da gestão Bolsonaro sobre a Amazônia. 

Na última quarta-feira (8/6), Raffalo disse que é preciso escolher entre a Amazônia e Bolsonaro, além de dizer que a floresta está sob ataque. “Todos sabemos de onde as bombas estão vindo”, disse, em uma clara referência à postura de Bolsonaro de buscar favorecer atividades econômicas na região em vez de focar em uma postura mais preservacionista.

 

 

 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ciro diz que anúncio de vice só será feito durante convenção do PDT, no fim de julho

Cumprindo agenda em Salvador nesta sexta-feira (1), o pré-candidato à Presidência da República do PDT, Ciro Gomes, revelou que somente na convenção do...

Preço da gasolina segue em queda no DF e pode ser encontrado a R$ 6,69

O preço praticado da gasolina entra no primeiro dia de julho em queda no Distrito Federal. Nesta sexta-feira (1°/7), postos de combustíveis da capital...

Novo anuncia Tiago Mitraud como pré-candidato à vice-presidência

O deputado federal Tiago Mitraud (Novo-MG) deverá embarcar junto a Felipe D’ávila na disputa pela Presidência da República em outubro. O parlamentar foi anunciado nesta sexta-feira...