ʽVida na Amazônia está por um fioʼ, diz bispo (Por Bernardo Mello)

Na segunda-feira, o Papa Francisco vestiu um cocar e...

Histórico de mortes na defesa da Amazônia vai além de Dom e Bruno

"Está todo mundo muito triste." O sentimento de um...

AstraZeneca: validade estendida é eficaz e segura, diz professor da UFMG

Quem foi aos pontos de vacinação contra a COVID...

Joselia Aguiar, vencedora do Jabuti, assina programação da Bienal do Livro da Bahia

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Adiada em 2020 por conta da pandemia, a Bienal do Livro Bahia está confirmada para este ano, e acontecerá entre os dias 10 a 15 de novembro, no Centro de Convenções Salvador, no bairro da Boca do Rio. Idealizado pela GL events – mesmo grupo que realiza a Bienal Internacional do Livro Rio, o evento foi repaginado e vai reunir as principais editoras do mercado, autores e formadores de opinião em uma programação cultural para toda a família. A organização espera receber cerca de 100 mil pessoas durante os seis dias de evento.

A curadoria deste ano é assinada pelo Café Literário – cartão de visitas da Bienal que, através das narrativas, reúne discussões importantes para a sociedade – e terá programação desenhada pela baiana Joselia Aguiar, autora de “Jorge Amado – Uma Biografia”, título vencedor do Prêmio Jabuti. Ela é também jornalista, com passagem por jornais da Bahia e de São Paulo. Em sua trajetória constam a curadoria da Feira Literária Internacional de Paraty (FLIP), em 2017 e 2018, e também a direção da Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo, entre 2019 e 2021.

Já a programação focada no universo dos jovens – contará com a participação de grandes nomes da cultura pop para debater sobre temas atuais e que conectam essa geração de novos agentes de transformação. O espaço terá curadoria do jornalista Schneider Carpeggiani, doutor em Teoria Literária, que também foi curador de eventos como a Bienal do Livro de Pernambuco e Festival de Literatura do Recife. Atualmente, ele atua como editor do Suplemento Pernambuco e do selo Suplemento Pernambuco, e mantém uma relação próxima com a produção cultural do Nordeste.

A jornalista, roteirista, produtora cultural e diretora audiovisual Mira Silva vai se dedicar a um espaço destinado aos pequenos leitores, com uma série de atividades lúdicas que aproximam as crianças do universo da literatura. Mira é curadora também da Fliquinha – Festa Literária Internacional de Cachoeira, cidade que fica a 120 quilômetros de Salvador.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ʽVida na Amazônia está por um fioʼ, diz bispo (Por Bernardo Mello)

Na segunda-feira, o Papa Francisco vestiu um cocar e pediu aos bispos da Amazônia que ouçam os povos indígenas. “Vocês estão na fronteira, com...

Pistola é apreendida pela PM-BA em Ibicoara

Uma pistola calibre 9mm foi apreendida por uma guarnição da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Central, no bairro...

Acidente perto de Palácio do Jaburu mobiliza até Bolsonaro

O acidente envolvendo um veículo de luxo nos arredores do Palácio do Jaburu, neste domingo (26/6), mobilizou até mesmo o presidente Jair Bolsonaro (PL). ...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com