Ex-sem-teto Givaldo Alves vende ‘Pau de Mendigo’ sem aval da Anvisa

Após ficar famoso por ter mantido relações sexuais...

Caculé: Professor morre após ser atropelado por carro em alta velocidade

Um professor de 42 anos morreu na madrugada...

Luiz Flávio de Oliveira apita duelo entre Brusque e Bahia em Santa Catarina

O árbitro da Fifa Luiz Flávio de Oliveira,...

Jornalista russo leiloa medalha do Nobel da Paz e arrecada US$ 103,5 milhões para Ucrânia

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O jornalista russo, Dmitri Muratov, leiloou a medalha do prêmio Nobel da Paz para arrecadar dinheiro e destinar a verba a um programa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para crianças ucranianas deslocadas pelo conflito entre Rússia e Ucrânia que acontece desde o dia 24 de fevereiro. O leilão atingiu 103,5 milhões de dólares, quebrando todos os recordes. “Muratov consultou o comitê do Nobel e recebeu apoio à sua decisão para que os lucros ajudem crianças e refugiados na Ucrânia”, disse o secretário do comitê que concede o prêmio, Olav Njølstad. “É um objetivo louvável. Só podemos parabenizá-lo pelo resultado e torcer para que a ajuda chegue a quem mais precisa”, acrescentou. A quantia arrecada bateu recorde. Até então o maior valor atingido no leilão tinha sido com o americano James Watson, um dos cientistas que descobriram a estrutura do DNA, que arrecadou 4,76 milhões de dólares em 2014.

Em uma venda organizada na segunda-feira, 20, em Nova York, o editor-chefe do jornal investigativo independente Novaya Gazeta entregou a um comprador anônimo a medalha de 196 gramas, que tem uma camada de ouro de 150 gramas, que ele obteve em conjunto com a jornalista filipina Maria Ressa, “pelos seus esforços para salvaguardar a liberdade de expressão”. Muratov venceu o Nobel da Paz em outubro de 2021. Essa não é a primeira vez que ele faz um ato de solidaridade. Ao receber o prêmio, ele anunciou que iria doar parte do dinheiro recebido pelo Prêmio Nobel para ajudar no tratamento de crianças com atrofia muscular espinhal (AME), doença genética rara que afeta a capacidade de locomoção, alimentação e respiração

últimos acontecimentos

*Com informações da AFP

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Pequim anuncia medidas contra Covid-19 por 5 anos e apaga menção em seguida

Os habitantes de Pequim ficaram intrigados nesta segunda-feira, 27, depois que as autoridades da cidade anunciaram em um relatório que manteriam as várias medidas...

G7 lança programa para investir US$ 600 bilhões em países em desenvolvimento

Os países do G7 lançaram um grande programa de investimento de US$ 600 bilhões para as nações em desenvolvimento, destinado a responder às grandes...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com