Losartana: veja os lotes e o que fazer para trocar o remédio

Foi determinado, nesta quinta-feira (23/6), que lotes de medicamentos...

Divinópolis: vereador deixa vice-presidência da Câmara por nojo dos colegas

O vereador de Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas Gerais,...

Homem é suspeito de furtar a própria mãe em Minas

Um homem de 41 anos, que há poucos dias...

Mulher morre durante teste físico para oficial do Exército

O Comando Militar do Leste (CML) abriu um processo...

Johnny Depp vence processo de difamação contra Amber Heard e atriz terá de pagar US$ 10 milhões

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
000 32bb4le

Depois de mais de seis semanas, a novela envolvendo o julgamento dos processos entre o ator Johnny Depp e a atriz Amber Heard chegou ao fim. Nesta quarta-feira, 1º, o júri do Tribunal de Fairfax, na Virgínia, considerou que Amber Heard cometeu difamação contra o ator da franquia “Piratas do Caribe”. Por ter difamado o ator, Heard foi condenada a pagar US$ 10 milhões em compensação a Depp mais US$ 5 milhões como medidas punitivas (valor reduzido na decisão final para US$ 350 mil, o teto para indenizações deste tipo no estado da Virgínia). O ator, por sua vez, terá que “pagar” US$ 2 milhões para a ex-companheira, também por difamação.

Por ser um processo civil, não existia a possibilidade de prisão para nenhum dos dois. O anúncio foi feito após dias de deliberação entre o júri. O motivo central do embate foi um artigo publicado pelo jornal “The Washington Post” no qual Amber diz ter sido vítima de abusos domésticos, mas não cita o ator. Depp a processou por difamação, pedindo US$ 50 milhões. Rebatendo o ex-companheiro, Heard processou Depp em US$ 100 milhões.

Após a decisão, Amber Heard utilizou as redes sociais para desabafar e lamentar a decisão do júri, anunciada nesta quarta-feira, 1°. Em seu Instagram, a atriz disse estar se sentindo decepcionada e lamentou o “retrocesso” que a vitória significaria para a luta pelos direitos das mulheres. “A decepção que sinto hoje está além das palavras. Estou com o coração partido que a montanha de evidências ainda não foi suficiente para resistir ao poder e influência desproporcionais do meu ex-marido. Estou ainda mais desapontada com o que esse veredicto significa para outras mulheres. É um retrocesso”, disse a atriz. Por sua vez, Depp comemorou em seu Instagram, dizendo que a “verdade nunca perece”. “Seis anos atrás, minha vida, a vida dos meus filhos, a vida das pessoas próximas a mim e as vidas das pessoas que por muitos anos me apoiaram e acreditaram em mim mudou. Em um piscar de olhos. […] Seis anos depois, o júri me de a minha vida de volta”, afirmou o ator.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Amber Heard (@amberheard)

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Johnny Depp (@johnnydepp)

O julgamento

O julgamento do caso começou em 11 de abril, com a presença de Depp e Heard em um tribunal na Virgínia, nos Estados Unidos. Durante seu depoimento, prestado no dia 19 de abril, Depp disse que “nunca cheguei ao ponto de bater na sra. Heard de forma alguma”. “Senti que era minha responsabilidade defender não apenas a mim mesmo, mas também defender meus filhos”, continuou em seu depoimento, que durou mais de três horas. Depp também afirmou que Heard era a agressora e chegou a jogar uma garrafa de vodka contra ele, o que cortou uma parte de seu dedo. Em contrapartida, Heard diz que só jogou coisas no ex-companheiro para evitar agressões.

Por sua vez, Heard classificou o processo como o fato “mais doloroso” que já viveu. “É difícil encontrar as palavras para expressar o quão doloroso é isso […] Esta é a coisa mais dolorosa e difícil pela qual já passei”, disse Heard. Durante suas declarações, a atriz rebateu acusações de agressões contra Depp e de que teria mentido sobre os abusos sofridos. Heard disse ter sido agredida diversas vezes e afirmou que a primeira vez que foi agredida foi quando levou um tapa na cara de Depp após fazer comentários sobre uma tatuagem dele. Ela também disse que Depp tinha crises e raiva quando consumia bebidas alcóolicas e usava drogas. Agressões sexuais durante as gravações de “Piratas do Caribe” e na lua de mel também foram citadas por Heard, que disse não saber se sobreviveria ao casamento caso continuasse com Depp. Na última quinta-feira, 26, Heard disse sofrer ameaças de morte diariamente pelas acusações feitas contra Depp.

O julgamento como um todo se tornou um evento midiático. Além da cobertura global sobre os depoimentos e a participação de personalidades da indústria cinematográfica, legiões de fãs de Depp têm comparecido ao Tribunal do Condado de Fairfax. Com eles, estão diversos cartazes em apoio ao astro de “Piratas do Caribe”. O tribunal permite a presença de até 100 espectadores por dia nas sessões, sendo que as pessoas são escolhidas por ordem de chegada. Gritos, confusões e brigas já foram registrados no local.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Anitta perde malas com figurinos de turnê na Europa

A cantora Anitta perdeu, nesta semana, malas com seus figurinos e dos seus bailarinos após despachá-las no Aeroporto de Ibiza, na Espanha. De acordo...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com