Veja os adversários do Vitória no quadrangular final da Série C

O Vitória já conhece seus adversários no quadrangular...

Público lota Salão Nobre da Ufba em reabertura após um ano de restauro

Depois de um ano e dois meses de...

Cruzeiro x Chapecoense: veja as fotos do duelo no Mané Garrincha

Veja as fotos da partida entre Cruzeiro e Chapecoense,...

João Burse analisa empate e vê margem para evolução do Vitória: ‘Pode render mais’

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

O Vitória ficou no empate sem gols com o Altos-PI, na noite deste sábado (25), no Estádio Lindolfo Monteiro, pela 12ª rodada da Série C. Reestreando no cargo, o técnico João Burse fez uma análise da partida e viu margem de evolução do Vitória.

 

“A gente fica preocupado de um modo geral. A gente sabe que essa equipe pode render mais. É só através de treino. A gente vê tudo o que funcionou e não funcionou para que a gente possa treinar e ajustar. Não tem outra maneira”, declarou na entrevista coletiva.

 

Na visão de Burse, o Leão teve dois tempos distintos. A etapa inicial agradou o treinador, porém na complementar, ele viu a equipe mais exposta ao adversário.

 

“Tivemos dois tempos distintos. Um primeiro tempo mais equilibrado, as duas equipes criando situações, não muitas. Até os 20 do segundo tempo ainda estávamos equilibrado e achei que depois a gente se expôs mais, acabou baixando mais a linha. Eu pedi para que botasse a bola no chão, não estávamos conseguindo botar a bola no chão, um pouco também pelo gramado deixar a bola um pouco mais viva e impossibilitava ela de chegar pelo chão no Rodrigão. Mas acredito que nas bolas altas, ele conseguiu raspar a maioria e a gente não conseguiu ter êxito de uma infiltração ou alguma situação de sair na cara do gol. A gente precisa de trabalho. Tivemos uma semana de trabalho, agora é ajustar, olhar o que não funcionou para a gente consiga ajustar para o próximo jogo”, analisou.

 

O Vitória segue em situação complicada na tabela de classificação ocupando a 15ª posição com 12 pontos, apenas um a mais do que o Floresta, que abre a zona de rebaixamento na 17ª colocação, mas que ainda entra em campo neste domingo (26) na visita ao Ferroviário. O próximo compromisso do Leão será no sábado (2), às 19h, no Barradão, contra o Figueirense, pela 13ª jornada.

 

“De um modo geral temos que ajustar todos os setores para que possam funcionar em sintonia. A gente tem que olhar o jogo com calma, ver onde funcionou e não funcionou para que a gente possa colocar nosso trabalho durante a semana”, finalizou Burse.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Veja os adversários do Vitória no quadrangular final da Série C

O Vitória já conhece seus adversários no quadrangular decisivo da Série C. Como terminou a primeira fase em 7º lugar, o rubro-negro vai encarar Paysandu (2º), Figueirense (3º)...

Vitor Pereira não teme ser demitido do Corinthians: ‘Sabe quanto dinheiro tenho no banco?’

O técnico Vitor Pereira polemizou neste sábado, 13, ao responder se temia ser demitido pelo Corinthians após a derrota para o Palmeiras, em plena Neo Química Arena – com...

Volante Léo Gomes assiste vitória rubro-negra no meio da torcida

Suspenso na partida contra o Brasil de Pelotas, neste sábado (13), o volante Léo Gomes, do Vitória, se jogou no meio da torcida e acompanhou o triunfo vermelho...