Exclusivo: ex-presidente da Petrobras diz que celular tinha mensagens que incriminam Bolsonaro

Durante uma discussão em um grupo de economistas, o...

Klara Castanho: hospital abre sindicância para apurar vazamento de dados

O hospital em que Klara Castanho ficou internada, na...

Bolsonaro: ‘não aprendi nada com Lula’

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou, neste domingo (26/6),...

Cresce o uso de máscara na Feira Hippie, em Belo Horizonte

O aumento do uso de máscaras como proteção contra...

Hudson, ex-volante do Cruzeiro, anuncia aposentadoria do futebol

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
Hudson marcou o gol da vitória do Cruzeiro por 1 a 0 sobre o Grêmio, no jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil de 2017
foto: Juarez Rodrigues/EM/DA Press

Hudson marcou o gol da vitória do Cruzeiro por 1 a 0 sobre o Grêmio, no jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil de 2017

Chegou ao fim a carreira do volante Hudson, ex-Cruzeiro. Aos 34 anos de idade, o mineiro de Juiz de Fora anunciou que está deixando os gramados nesta temporada. A aposentadoria foi anunciada em entrevista ao canal do jornalista André Hernan, nesta quarta-feira (1º). 

“Estou me aposentando do futebol. Estou parando de jogar oficialmente. Está na hora de virar a página e iniciar um novo capítulo”, declarou o agora ex-atleta.

A última passagem de Hudson foi no Fluminense, equipe que defendeu até janeiro deste ano. Além do Cruzeiro e do Tricolor Carioca, ele defendeu outros grandes clubes do futebol brasileiro, como Santos, Santa Cruz e São Paulo.

Passagem de Hudson pelo Cruzeiro

Hudson defendeu o Cruzeiro em 39 jogos durante o ano de 2017. Ele chegou ao clube vindo do São Paulo, em uma troca de empréstimos que resultou na ida do atacante Neilton ao Tricolor. 

Comandado por Mano Menezes, o meio-campista foi peça-chave na rotação do time celeste pentacampeão da Copa do Brasil. Seu momento mais marcante com a camisa do Cruzeiro foi o gol decisivo na vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, no Mineirão, pelo jogo de volta das semifinais do torneio. 

Esse lance levou a decisão da vaga para os pênaltis, já que os gaúchos haviam vencido a partida de ida, na Arena Grêmio, pelo mesmo placar. Nas cobranças, vitória da Raposa por 3 a 2. 

Nas finais contra o Flamengo – 1 a 1 no Maracanã e 0 a 0 no Mineirão, Hudson foi titular e exerceu um papel importante. O volante converteu uma das cinco cobranças do Cruzeiro na vitória estrelada por 5 a 3 nas penalidades. 


O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com