Primo de Wanessa Camargo diz que cantora e Dado Dolabella assumiram namoro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Se para o grande...

Após determinação da Anvisa, Sesab diz que ainda não irá apreender lotes da losartana

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou,...

Aramari: TJ-BA aceita novamente denúncia contra prefeito por manter lixão

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça...

Maior veículo baiano no Facebook, BN chega a 350 mil seguidores no Instagram

O Bahia Notícias alcançou, nesta semana, a marca...

Franceses votam em eleições legislativas decisivas para Macron neste domingo

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A França vota neste domingo, 12, no primeiro turno das eleições legislativas que vão determinar se  o presidente reeleito há seis semanas, Emmanuel Macron, terá uma nova maioria parlamentar para aplicar seu programa de governo.  Pela primeira vez em 25 anos, os principais partidos de esquerda — ecologistas, comunistas, socialistas e França Insubmissa — decidiram concorrer em uma frente unida, liderada por Jean-Luc Mélenchon, político veterano de 70 anos que, por pouco, não chegou ao segundo turno da eleição presidencial, com quase 22% dos votos. Mélenchon busca a revanche no que considera o “terceiro turno” da votação, com o objetivo de impedir Macron de aplicar seu programa de linha liberal.

Para a Nova União Popular Ecológica e Social (Nupes), liderada por Mélenchon, os franceses reelegeram o político de centro em 24 de maio não por seu programa, mas para evitar a chegada ao poder de sua rival no segundo turno, a candidata de extrema-direita Marine Le Pen. As pesquisas apontam um empate entre a aliança centrista Juntos! e a frente de esquerdas no primeiro turno e vitória do governo no segundo turno, programado para 19 de junho, mas sem maioria absoluta para Macron. A abstenção é a principal questão, em particular para a esquerda radical e a extrema-direita, cujos eleitores apresentam maior tendência de não comparecer às urnas.  Às 17 horas (12 horas de Brasília) a participação do eleitorado francês era de 39,42%, índice inferior às legislativas de 2017, 40,75% no mesmo horário, que terminaram com o menor resultado histórico desde 1958: 48,7%.

*Com informações da AFP

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

EUA vai reforçar presença militar em seis países da Europa para fortalecer segurança no Báltico

Os Estados Unidos vão reforçar a presença militar em seis países da Europa – Polônia, Romênia, Espanha, Itália, Reino Unido e Alemanha -, além...

Incêndio em Paris faz uma dezena de feridos, três em estado grave

Um incêndio, ainda em curso, em Paris, França, fez já dezenas de feridos, três deles em estado grave. As chamas deflagraram num edifício no 16.º...

Nobel da Paz Maria Ressa diz que Filipinas mandou fechar site investigativo Rappler

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A dois dias do fim da Presidência de Rodrigo Duterte nas Filipinas, o governo emitiu uma ordem para fechar...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com