Na luta contra o rebaixamento, VP do Brasil de Pelotas mostra preocupação com arbitragem

O Brasil de Pelotas encara o Vitória, no...

Com paz selada em reunião, Bolsonaro confirma presença em posse de Moraes no TSE

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou que irá...

RJ: polícia apreende uma tonelada de droga durante operação na Maré

Rio de Janeiro- Uma operação conjunta entre Polícia Militar...

Foto de gato selvagem caçando flamingo ganha prêmio de imagens de natureza; veja outras premiadas

A imagem impressionante de um lince-do-deserto (ou caracal) caçando...

EUA vai reforçar presença militar em seis países da Europa para fortalecer segurança no Báltico

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Os Estados Unidos vão reforçar a presença militar em seis países da Europa – Polônia, Romênia, Espanha, Itália, Reino Unido e Alemanha -, além da região báltica. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 29, no início da cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), que está sendo realizada em Madri, na Espanha. “No momento em que Putin quebrou a paz na Europa e atacou os princípios da ordem baseada em regras, os EUA e os aliados pretendem fortalecer sua posição”, declarou o presidente americano, Joe Biden. O líder norte-americano também adiantou que vai instalar uma base permanente na Polônia, o Quinto Corpo do Exército, e que irá manter rotações adicionais de brigadas no território europeu, que representam 5 mil militares americanos na Romênia.

De acordo com informações da Casa Branca, os EUA vão aumentar os envios rotatórios de tropas, com blindados, aviação, defesa aérea e forças de operações especiais, “para reforçar a segurança no Báltico”. Essas medidas são uma resposta aos ataques russos a Ucrânia que acontece desde o dia 24 de fevereiro, quando Vladimir Putin autorizou uma ‘operação militar’ na região. À Espanha, vão ser destinados destroyers adicionais para a base naval de Rota, o que aumentará para seis, o número de embarcações deste tipo na instalação.

caças americanos e coreanos

EUA vai reforçar presença de caças no Reino Unido │Ministério da Defesa da Coreia do Sul/Yonhap via REUTERS

Os EUA vão ampliar a presença de caças-bombardeiros de quinta geração, os mais sofisticados que existem na atualidade, com a localização de dois esquadrões de F-35 em Lakenheath, no Reino Unido, a qual o primeiro-ministro Boris Johnson declarou: “Se Putin esperava ter menos Otan no flanco leste como resultado de sua invasão ilegal e injustificável da Ucrânia, estava totalmente equivocado: terá mais Otan”. Na Alemanha, estará uma brigada de artilharia de defesa aérea, um batalhão de defesa aérea de curto alcance e uma brigada de engenharia com cerca de 625 militares. Já na Itália, os EUA posicionarão uma bateria de defesa antiaérea com 65 militares.

A Rússia respondeu aos anúncios com críticas ao que chamou de “agressividade” da Otan. O vice-ministro das Relações Exteriores, Serguei Ryabkov, chamou a ampliação da Aliança Atlântica para a Finlândia e Suécia de “profundamente desestabilizadora”. Já o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, que discursou por videoconferência na reunião de cúpula de chefes de Estado e de Governo da Aliança, pediu “sistemas muito mais modernos, artilharia moderna”, acrescentando que o apoio econômico “não é menos importante que a ajuda em armas”. Segundo ele, a “Rússia continua recebendo bilhões a cada dia e os gasta na guerra. Nós temos um déficit bilionário. Não temos petróleo nem gasolina para cobrir”, afirmou Zelensky. Ele disse que a Ucrânia precisa de 5 bilhões de dólares por mês para sua defesa.

invasão da Rússia na Ucrânia

*Com informações da AFP e EFE

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Pai de quíntuplos é criticado por usar ‘coleita infantil’ e rebate: ‘Adestrando meus cães’

Um vídeo de Jordan Driskell passeando com seus quíntuplos de 5 anos em um aquário dos Estados Unidos viralizou na internet e dividiu opiniões. Tudo porque uma parte dos...

Turista americana é estuprada em banheiro público no centro de Paris

Uma turista americana de 27 anos foi estuprada no último sábado, 6, dentro de um banheiro público no centro de Paris, na França, enquanto fazia um passeio noturno à...

Menina de 12 anos salva de casar com homem de 70 anos antes da cerimônia

Uma menina de 12 anos foi salva de casar com um homem de 70 anos, contra a sua vontade, momentos antes da cerimônia no Quênia.  A notícia foi divulgada pelo...