Devido orientação médica, Os Barões da Pisadinha cancelam shows em municípios da Bahia

A banda Os Barões da Pisadinha precisou cancelar...

Justiça condena ginecologista a 16 anos de prisão por abusar pacientes em consultas

A 1ª Vara Judicial da Comarca de Canguçu...

Autor do gol, Diego Torres vibra com vitória do Novorizontino sobre o Bahia

O Novorizontino surpreendeu o Bahia e venceu o...

Esquadrão da morte checheno é acusado de executar participantes de ‘sextape’ grupal

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Policiais ligados a um esquadrão da morte da república da Chechênia, parte da Federação Russa, mataram três pessoas após elas aparecerem em um vídeo viral de sexo grupal, segundo o portal “Daily Star”.

As autoridades locais, controladas pelo presidente russo, Vladimir Putin, e pelo aliado Ramzan Kadyrov não teriam visto com bons olhos as imagens divulgadas, de dois homens e duas mulheres em atividade sexual.

Os quatro presentes na fita desapareceram da capital chechena, Grozny, em meados de abril, após a polícia ter recebido ordem para detê-las.

A Radio Free Europe recebeu uma denúncia de um policial de que três delas haviam sido mortas e enterradas em um cemitério no vilarejo de Dyshne-Vedeno, enquanto uma das mulheres teria sido libertada por não ser chechena.

Moradores do local confirmaram que havia três sepulturas novas no distrito, sem identificação. As autoridades negaram as acusações.  O serviço de imprensa do Ministério de Assuntos Internos da Chechênia se recusa a dar detalhes sobre o desaparecimento das pessoas no vídeo viral.

O líder da Chechênia desde 2007, Kadyrov, é acusado de acusado de crimes contra a Humanidade, incluindo assassinatos, desaparecimentos forçados e tortura, e de restringir direitos das mulheres e de operar campos de concentração para gays.

O Kadyrovtsy, seu exército privado, é acusado de agir como um esquadrão da morte, assassinando e raptando oponentes políticos não apenas dentro da Chechênia, como em outras regiões da Rússia e até no exterior. Kadyrov já defendeu publicamente os chamados crimes de honra. Ele apoia abertamente a invasão da Ucrânia, onde operam combatentes chechenos.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bolsonaro estava com ministro da Justiça nos EUA quando ligou para Ribeiro

O presidente Jair Bolsonaro estava em viagem aos Estados Unidos quando, segundo o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, ligou para alertar que o...

‘Seguiremos atentos às investigações’, diz viúva de Dom Phillips

"Seguiremos atentos a todos os desdobramentos das investigações, exigindo Justiça", disse Alessandra Sampaio, viúva do jornalista inglês Dom Phillips, assassinado no Vale do...

Autor de chacina é preso enquanto curtia São João na Bahia

Um homem suspeito de ser um dos responsáveis por uma chacina que matou cinco pessoas em abril foi preso enquanto curtia uma festa...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com