Lore Improta revela bastidores de foto com Léo Santana: ‘P*u tava marcado demais’

Lore Improta voltou a comentar sobre o órgão...

Saiba o que motivou a briga entre os irmãos Diogo e Rodrigo Mussi

Diogo Mussi revelou, na última quarta-feira (7/7), que anda...

Suárez confirma que não irá para o River após queda na Libertadores

A eliminação do River Plate nessa quarta-feira (6/7) da...

Justiça suspende show de Wesley Safadão que custaria R$ 700 mil a município

A Justiça do Amazonas suspendeu a contratação pela Prefeitura...

Dia dos Namorados: como aproveitar a data sem apertar o orçamento

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
Comemorar o Dia dos Namorados e fechar as contas no fim do mês não é uma tarefa simples no atual contexto. A data, que ocorre todo 12 de junho desde 1948, é normalmente associada à troca de presentes e encontros especiais entre os namorados. Por isso, chamamos um especialista para comentar como economizar nesse dia, sem abrir mão das comemorações.
 
 
 
O endividamento entre os brasileiros atingiu recorde neste ano, chegando a 77,5% das famílias, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic). É o maior percentual desde que a pesquisa começou, em 2010. Nesse contexto, qualquer economia pode ser um alívio e tanto no final do mês.
 
Mesmo assim, com o dia 12 chegando, a movimentação nas lojas em Belo Horizonte já demonstra maior fluxo. É o que indica o levantamento realizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH). De acordo com a entidade, 60% dos comerciantes afirmam que as vendas estão atendendo às expectativas para a data.
 

Planejamento

“Um dos piores erros que as pessoas costumam cometer é deixar para comprar o presente justamente na véspera da data, onde os lojistas e as marcas costumam subir os preços justamente por terem noção de que vai aumentar o movimento nesse período”, explica o educador financeiro Tiago Cespe, criador da Cespe Educação Financeira. Para evitar pagar um valor exorbitante, a dica é sempre pesquisar bastante em diferentes lojas.
As lojas online têm ganhado força no mercado, e são atraentes por oferecerem preços mais baixos. Mas, se o prazo de entrega for longo, o jeito é procurar a loja física. Nesse caso, uma dica é usar as lojas online como referência para negociar.
 
“Quando você compra algo no cartão, uma parte do dinheiro é para pagar uma taxa que é cobrada do estabelecimento, então uma opção é pesquisar o preço do produto no e-commerce antes para ter uma ideia do valor e ir até a loja física com dinheiro, e negociar com o lojista se tem desconto pagando à vista e no dinheiro”, ressaltou Cespe.
 
A ideia é aproveitar a data sem ter que sofrer com as faturas no final do mês. “Colocar um limite de quanto é possível gastar na compra de um produto ou então com uma atividade ou passeio é importante para conseguir aproveitar o dia sem ficar pensando na conta que a pessoa terá de pagar posteriormente”, disse Tiago.
 

Afeto vem primeiro

E o dinheiro, afinal, não é o mais importante nesse dia. “Não é necessário ostentar ou comprar um presente por um valor exorbitante, é possível surpreender o parceiro ou a parceira de forma simples, como, por exemplo, montando uma cesta de café da manhã com os doces preferidos dele ou dela, ir ao cinema para assistir um filme que ambos estavam querendo, enfim, o importante é usar a imaginação e mostrar que a pessoa é especial”, pontuou.
 
Outra ideia é botar a mão na massa. Fazer o próprio presente é um jeito especial de demonstrar os sentimentos para outra pessoa, e o orçamento pode ficar em conta. Existem muitos tutoriais na internet sobre como confeccionar a maior diversidade de presentes.
 
“Muitas vezes uma carta de próprio punho pode causar muito mais impacto do que um presente caro, então o que vale no final é mostrar que o amor está acima de qualquer coisa, inclusive dos problemas financeiros”, finalizou o educador financeiro.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Brasil deve ter a maior temporada de cruzeiros dos últimos 10 anos

A temporada de cruzeiros 2022/2023 deverá ser a maior dos últimos dez anos, segundo estimativa da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Brasil, sigla...

Fome atingiu 828 milhões de pessoas em 2021, mostra relatório da ONU

O total de pessoas afetadas pela fome em todo o mundo aumentou em 150 milhões desde o início da pandemia do novo coronavírus, alcançando...

Alexandre Ywata é o novo secretário especial de Produtividade

O novo secretário especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia será Alexandre Ywata. A nomeação pelo ministro Paulo Guedes foi publicada hoje...