Brasileiro é escolhido pelo Golden State Warriors no Draft da NBA

O Brasil terá mais um representante na NBA. Gui...

Bolsa tem leve alta, mas não recupera quedas da semana; dólar sobe pelo terceiro dia consecutivo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de...

Promotores denunciam por tentativa de feminicídio procurador que espancou colega

Segundo os promotores Ronaldo Pereira Muniz e Daniel Porto...

Polícia Civil vai à Alesp contra Isa Penna por ‘quebra de decoro parlamentar’

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) recebeu nesta...

Déjà vu? Show de falsos Patati e Patatá provoca protestos no MT

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Patati e Patatá não fariam uma palhaçada dessas, mas história se repetiu no último sábado (4) na cidade de Guarantã do Norte (MT). Acontece que a prefeitura organizou uma festa para celebrar os 41 anos do município, e uma das estrelas seria a dupla Patati e Patatá. 

O problema começou quando ps palhaços subiram no palco e começaram a cantar. Imediatamente as crianças e os pais perceberam que se tratava de dois farsantes.

Ao notar o golpe, a plateia começou a vaiar os palhaços, que chegaram a apresentar somente quatro músicas. Percebendo a irritação da população, um porta-voz do prefeito Érico Stevan (UB) subiu no palco e tentou acalmar as famílias que se sentiram enganadas.

“Levei até um susto quando entrei, com aquele monte de vaias”, começou o porta-voz da prefeitura. Quero dizer para vocês rapidamente: falando com o prefeito municipal, o Érico, ele também está muito chateado, é claro. Esta é uma festa da família. O prefeito pediu para dizer o seguinte: que ele vai rever o contrato, o pagamento do Patati Patatá, que ele também achou uma falta de respeito. Então vamos mandar uma vaia bem calorosa para o Patati Patatá”, incitou.

No entanto, esse é apenas a ponta do iceberg. De acordo com o portal iG, a responsável por tentar ludibriar o público foi a própria prefeitura de Guarantã do Norte, que tentou dar o “golpe” na Rinaldi Produções, empresa detentora da marca Patati Patatá. E agora o caso irá parar na Justiça.

Em nota, a Rinaldi Produções confirmou que a prefeitura contratou seus palhaços, mas para outra atividade: apenas uma cerimônia de entrega dos materiais didáticos produzidos pela P&P Editora (empresa que pertence ao grupo). 

Por isso, a empresa enviou dois atores genéricos, que realizariam somente a chegada de todos os livros que haviam sido adquiridos em maio pela gestão de Érico Stevan, e que serão distribuídos às crianças matriculadas nas escolas municipais a partir do segundo semestre.

“Portanto, ao anunciar um show aberto, em praça pública, nas festividades de 41 anos de Guarantã do Norte, a Prefeitura DESCUMPRIU completamente o contrato, que era para ser apenas uma entrega de livros em um ambiente escolar e para poucas pessoas. A P&P Editora está tomando todas as providências jurídicas cabíveis para responsabilizar os autores de toda esta confusão”, disse a Rinaldi Produções.

Na nota, a empresa ainda reforça que no contrato não havia nenhum acordo que citava a realização de um show e que os atores enviados para a cerimônia de entrega dos livros apenas subiram no palco para reduzir uma possível frustração da população, sem o consentimento de seus empregadores e também sem o cenário e o balé que acompanham os palhaços originais.

“O Patati Patatá tem 37 anos de história e compromisso com as famílias brasileiras, e nunca houve um episódio como este em todo a sua história. Portanto, é inadmissível que a Prefeitura e os demais responsáveis tenham tido esta postura e conduta para com o Patati Patatá, e mais uma vez reafirmamos que tomaremos todas as providências jurídicas cabíveis”, informou a empresa.

Histórico em Salvador
Há 10 anos, em 2011, um episódio parecido aconteceu numa casa de shows na Cidade Baixa, em Salvador, quando uma falsa dupla de Patati Patatá provocou revolta do público. O caso foi filmado por uma reportagem da TV Bandeirantes e virou meme.

Relembre: A confusão com a falsa dupla Patati e Patatá que virou um dos maiores hits da internet

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Terra dos viados: conheça origem de lenda LGBQTIA+ em cidade na Bahia

Há cerca de 50 anos, numa cidade a 186 km de Salvador, nasceu uma lenda que apelidou o município de Riachão do Jacuípe como...

São João em Salvador: aeroporto tem 48% a mais de passagens com destino à capital

O São João em Salvador está disputado. Uma prova disso é que durante a semana da festa o aeroporto registrou uma oferta de...

Com programação especial para o São João, Pelô se transforma em vila junina

Da Praça Municipal até o Largo do Santo Antônio, o arrasta pé do Centro Histórico está garantido. Seja turista ou soteropolitano, mesmo longe...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com