Thaciano volta ao Grêmio e ficará disponível a partir de 18 de julho

O volante Thaciano, ex-Bahia, está de volta ao...

Após bug em foto de Lula, bolsonaristas sugerem edição e petista apresenta ‘prova’

Um bug (erro) gerado por um recurso de...

Ex-BBB Carla Diaz relembra diagnóstico de câncer: “Precisei me fechar”

A atriz Carla Diaz usou as redes sociais na...

Consórcio que administra Maracanã proíbe faixas do Vasco

O consórcio Maracanã, que administra o estádio, impediu...

Crise entre poderes: Fux quer chamar Bolsonaro para encontro no STF

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Luiz Fux quer convidar Jair Bolsonaro para um encontro na sede do Supremo Tribunal Federal, em mais uma tentativa de arrefecer a crise entre os dois poderes.

O plano do presidente do STF estava pronto para ser posto em prática na semana passada, mas declarações do presidente da República contra integrantes do tribunal o fizeram adiar o convite.

Fux entende que não seria conveniente receber Bolsonaro agora, no calor dos últimos ataques, porque o gesto poderia melindrar os colegas alvejados. De todo modo, ele não quer demorar. Segundo interlocutores, a ideia é aguardar o ambiente desanuviar um pouco para fazer o convite formal.

Mais sobre o assunto Rodrigo Rangel Suprema ironia: Exército espera por Moraes para “reatar” com o TSE Rodrigo Rangel Bolsonaro autoriza e militares farão “megadesfile” no 7 de setembro Na semana passada, Bolsonaro chamou o ministro Luís Roberto Barroso de “mau-caráter” e “mentiroso” e disse que Alexandre Moraes age contra a democracia ao perseguir e censurar seus aliados políticos.

Dias atrás, voltou à carga ao afirmar que Moraes descumpriu um acordo firmado com ele que previa o arquivamento do polêmico inquérito das fake news.

Fux amadureceu o desejo de convidar Jair Bolsonaro depois de participar, no início do mês, de um jantar oferecido pela ministra Cármen Lúcia a um grupo de sete senadores de diferentes partidos.

Na ocasião, o ministro foi aconselhado a se manter minimamente próximo de Bolsonaro, de modo a tatear o ânimo do presidente e a sua disposição de rejeitar o resultado das eleições de outubro em caso de derrota – a parte principal conversa girou em torno do risco de o atual ocupante do Palácio do Planalto aplicar um golpe para permanecer no poder.

Para Fux, a reunião precisa ser realizada bem antes de 7 de setembro, quando manifestantes pró-Bolsonaro pretendem realizar manifestações em Brasília e em outras cidades.

Como publicou a coluna, o presidente do STF avalia que, antes de se preocupar com o comportamento do presidente no pós-eleições, é preciso redobrar a atenção com o risco de distúrbios sociais e de atos de violência durante os protestos do feriado da Independência.

Ele ordenou que o staff de segurança do tribunal comece a trabalhar, desde já, no planejamento de um esquema especial para proteger a sede da Corte.

O post Crise entre poderes: Fux quer chamar Bolsonaro para encontro no STF apareceu primeiro em Metrópoles.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Após bug em foto de Lula, bolsonaristas sugerem edição e petista apresenta ‘prova’

Um bug (erro) gerado por um recurso de fotografia gerou uma teoria da conspiração entre os eleitores do presidente Jair Bolsonaro neste sábado...

Consórcio que administra Maracanã proíbe faixas do Vasco

O consórcio Maracanã, que administra o estádio, impediu o Vasco de exibir faixas institucionais na partida contra o Sport, pela 15ª rodada da...

Lula sobre PEC Kamikaze: ‘Igual sorvete: chupou, acabou’

 Em viagem a Salvador, Bahia, neste sábado (2/7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC)...