Aporte da CBF à Série D ajuda a ‘manter prática do futebol viva’, diz presidente da FTF

O aporte designado pela Confederação Brasileira de Futebol...

Texto da PEC que amplia benefícios vai ser mantida pelo relator na Câmara

O deputado Danilo Forte (União-CE), relator da PEC...

Lucas Selfie faz piada após treta entre Dynho e Christian Figueiredo

Lucas Selfie foi o co-host da entrevista de Christian...

Godoy sobre caso MEC: “Só Milton Ribeiro pode dizer o que aconteceu”

Em audiência pública na Câmara dos Deputados, o ministro...

Corpos de padres e guia assassinados no México são localizados

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Autoridades do México localizaram nesta quarta-feira, 22, os corpos de dois padres jesuítas e do guia turístico que foram assassinados no início da semana, no município de Urique, no estado de Chihuahua. “Conseguimos localizar e recuperar, e isso foi comprovado pela medicina forense, os corpos dos padres jesuítas Javier Campos e Joaquín Mora, e do guia turístico Pedro Palma”, disse a governadora Maru Campos, governadora do Estado. “Esperamos ter mais informações posteriormente”, acrescentou em mensagem divulgada pelas redes sociais. Na segunda-feira, os padres Javier Campos Morales, de 79 anos, e Joaquín César Mora Salazar, de 80, tentaram proteger um homem que entrou na igreja fugindo de pessoas armadas, mas acabaram mortos. Após o ataque, os corpos foram removidos da paróquia Francisco Xavier, na cidade de Cerocahui, o que causou indignação social.

Desde então, o município segue cercado pelo Exército e acesso à área é restrito. Autoridades tentam localizar José Noriel Portillo Gil, conhecido como “El Chueco”, o suposto pistoleiro que assassinou os padres e o guia. Ele é apontado como chefe de um grupo criminoso que atua no Estado. Os assassinatos dos religiosos fazem parte de uma onda de violência que assola o México e cresce desde 2019. Neste ano, o país já registrou 33.316 homicídios. Segundo o Instituto Nacional de Estatística e Geografia (Inegi), a percepção de insegurança entre os mexicanos aumentou de 65,8% em dezembro de 2021 para 66,2% no último mês de março.

*Com EFE

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ministros britânicos renunciam após Johnson nomear acusado de assédio para cargo importante

O ministro da Saúde, Sajid Javid, e o ministro das Finanças, Rishi Sunak, do Reino Unido, renunciaram nesta terça-feira, 5, aos seus cargos em...

Polícia da Espanha apreende drones submarinos que levavam drogas da África para Europa

A polícia da Espanha prendeu na segunda-feira, 4, um grupo de traficantes que usavam drones submarinos que transportar drogas da África para a Europa....

Armas entregues pelo Ocidente à Ucrânia acabam no mercado clandestino, diz Rússia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Algumas das armas fornecidas por países ocidentais à Ucrânia acabaram no mercado clandestino ou em países do Oriente Médio,...