Thaciano volta ao Grêmio e ficará disponível a partir de 18 de julho

O volante Thaciano, ex-Bahia, está de volta ao...

Após bug em foto de Lula, bolsonaristas sugerem edição e petista apresenta ‘prova’

Um bug (erro) gerado por um recurso de...

Ex-BBB Carla Diaz relembra diagnóstico de câncer: “Precisei me fechar”

A atriz Carla Diaz usou as redes sociais na...

Consórcio que administra Maracanã proíbe faixas do Vasco

O consórcio Maracanã, que administra o estádio, impediu...

Conheça grupos de carona solidária para viajar no São João

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Sabe aquela ideia de carona que a gente vê nos filmes? Uma pessoa no meio da estrada com a mão estendida e cara de cão sem dono? Na realidade, as coisas mudaram e avançaram bastante, e hoje oferecer uma vaga do seu carro para alguém, em uma viagem particular, é uma atitude que pode ser até remunerada, não como uma forma de obter lucro, mas de dividir os gastos e, claro, ter companhia durante o trajeto. No período de São João, principalmente após dois anos sem festejos, a carona solidária ganha uma importância ainda maior na Bahia.

No Facebook é fácil encontrar grupos que oferecem alternativas de deslocamento mais barato. O Carona Solidária Remunerada da Bahia, administrado pelo analista empresarial Josiel Pereira, 37 anos, foi criado em julho de 2019 e já tem 2,7 mil membros. 

VAI CURTIR O SÃO JOÃO NA BAHIA? CLIQUE AQUI E VEJA GUIA COMPLETO DOS FESTEJOS

O grupo de Josiel tem regras de segurança, como proibição de viagens com menores de idade desacompanhados. Os trajetos mais recorrentes, que as pessoas mais oferecem e procuram, são com destino a cidades do sul da Bahia e Salvador.  

“A gente pode não conhecer todo mundo que viaja para essa região que eu vou, mas se eu conseguir alguém que contribua com qualquer valor para ajudar no combustível já vai me ajudar e ajudar a pessoa, porque vai sair muito mais barato do que a passagem”, cita Josiel. 

O grupo cresceu bastante na pandemia e é administrado somente pelo analista, que mora em Santo Antônio de Jesus. “Eu administro o grupo sozinho e já não é fácil. Já falei com dois amigos para me ajudarem no período junino, porque vão aumentar as publicações e preciso verificar tudo”. 

O grupo Caronas Bahia, criado há sete anos, também é uma opção para quem deseja viajar nessa época sem gastar muito. “É praticamente uma maneira que as pessoas têm de dividir despesas e conhecerem novas pessoas”, comenta o administrador do grupo, Felipe Sisan, 31. 

Baseado nos anos anteriores, segundo ele, as épocas festivas eram as mais movimentadas, com pedidos e ofertas de carona, principalmente no São João. “Contamos atualmente com mais de 6 mil pessoas, e o objetivo é crescer cada vez mais, principalmente agora após essa parada que o grupo fez de dois anos por conta da covid”, completa Felipe. 

Para quem deseja curtir o São João fazendo trilhas, curtindo cachoeiras, grutas e  poços de água transparente, o Caronas Solidárias e Transporte Alternativo Chapada Diamantina e Salvador, também no Facebook, é o ideal. O grupo, criado pela produtora cultural Morena Fernandes, 42, em novembro de 2012, possui cerca de cinco publicações por dia. 

“No período junino, a demanda para a Chapada aumenta muito, a busca já está sendo maior. O foco do grupo é sempre com pessoas saindo da Chapada ou de Salvador. Tem um movimento maior de saída, além dessas duas, para São Paulo, Brasília e também para o litoral, como Itacaré e Serra Grande”, explica a produtora. 

Com relação aos valores, Morena conta que às vezes a viagem pode ser gratuita, mas como o preço da gasolina está mais alto, as pessoas estão cobrando com mais frequência. Em 2020, a administradora abriu o grupo. Os preços mais comuns para a carona solidária ficam entre R$ 80 e R$ 120, mas podem chegar a R$ 200, geralmente pegando e deixando o passageiro na porta de casa. 

Além de grupos, existem também aplicativos que oferecem alternativas para viagens. Um deles é o BlaBlaCar. Para usar o app é simples: basta criar um perfil com foto e documento de identificação e procurar uma carona, confirmando o destino, ponto de partida e data da viagem. Ao encontrar a carona, o passageiro também pode entrar em contato com o condutor e conferir o perfil dele para analisar suas avaliações. Para oferecer uma vaga no carro no BlaBlaCar também é fácil: o motorista só precisa informar o itinerário, a data e a hora de sua viagem, junto com o valor da participação por passageiro. 

Tem pessoas que pensam na carona solidária até como primeira opção de escolha quando querem viajar para o interior. É o caso da estudante de Arquitetura e Urbanismo Alice Santos, 25. Nascida em Capela do Alto Alegre, ela sempre viaja através desses serviços. “O São João lá em Capela é de três dias. Se eu for para minha cidade em junho, minha intenção é, com certeza, usar o grupo de caronas. É bem mais rápido e prático, principalmente porque não tem rodoviária lá”, afirmou a universitária. 

Dicas de segurança para caroneiros 

  • Veículo Segundo o chefe no Núcleo de Comunicação Social da Polícia Rodoviária Federal (Nucom-PRF), Mário Henrique, é importante verificar o estado de conservação do veículo e conferir se as informações sobre os motoristas estão corretas.
  • Condutores “Também é preciso checar se o motorista está em condições de dirigir, não ter ingerido bebida alcoólica ou algum tipo de droga. Existem sinais para verificar se o motorista está sob efeito de drogas. O álcool, por exemplo, deixa a pessoa com os olhos avermelhados, com a fala embolada, e o odor também é bem característico”, explica o PRF.
  • Localização Vale destacar que dicas como sentar perto da porta do carro e manter o vidro aberto também não são eficientes, visto que tentar sair do carro em uma situação perigosa pode ser um atentado contra a própria vida. Por isso, é sempre importante também que o passageiro compartilhe a localização com alguém durante a viagem, junto com os dados do carro e do motorista.

Por motivo do recente aumento de casos de covid-19, o CORREIO volta a chamar a atenção para a necessidade da vacinação completa (de acordo com cada faixa etária) contra o novo coronavírus. Além disso, sugere o uso de máscaras apropriadas, a higienização das mãos e o cuidado com aglomerações.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bolsonaro diz que ‘bem-estar’ e ‘liberdade’ do povo estão em jogo nas eleições 2022

Ovacionado por apoiadores durante passagem por Salvador, neste sábado sábado (02), Dia da Independência da Bahia, o presidente da república, Jair Bolsonaro (PL),...

‘Segurança pública tem que ser pauta nacional’, diz Simone Tebet durante 2 de julho

A pré-candidata ao Palácio do Planalto, Simone Tebet (MDB), esteve em Salvador para acompanhar o cortejo do Dois de Julho, neste sábado (2)....

Notebooks avaliados em R$ 45 mil são recuperados em Feira de Santana

Sete notebooks avaliados em R$ 45 mil foram recuperados, na sexta-feira (1), por investigadores da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR)...