Ibovespa cai 0,96% e volta a ficar abaixo dos 100 mil pontos; dólar fecha em queda, cotado a R$ 5,19

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de...

Câmara convoca ministro da Educação para esclarecer suspeitas de corrupção no MEC

A Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de...

Pacheco diz que definição sobre CPIs ocorrerá na próxima semana

O presidente do Senado Rodrigo Pacheco (PSD-MG) afirmou que...

Bolsonaro agora diz que não há corrupção endêmica no governo: Casos que ‘pipocam’

Após três anos e seis meses de reiterada...

Codesal fecha maio com 1,2 mil ocorrências atendidas pela

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Codesal fecha maio com 1,2 mil ocorrências atendidas pela 'Operação Chuva'

Foto: Bruno Concha / Secom PMS

Com expressivos volumes de chuvas em várias regiões da cidade, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) realizou 1.224 vistorias de imóveis em áreas de risco entre 1º a 31 de maio. As informações foram contabilizadas pelo órgão no balanço divulgado nesta quarta-feira (1).

No último mês, os maiores acumulados foram registrados na Base Naval de Aratu (318 mm), Pirajá (303,5 mm), São Tomé de Paripe (270,6 mm), Ilha de Maré (269,6 mm), Rio Sena (268,9 mm), Itacaranha (267,2 mm), Pituba/Parque da Cidade (256,8 mm), Matatu (253,8 mm), Centro (250,5 mm) e Capelinha/Vila Picasso (249,4 mm).

O número de chamados é um pouco menor do que o registrado pela prefeitura em abril, quando 1.565 vistorias foram realizadas.

Em maio, o acumulado de chuvas contabilizado pela estação pluviométrica de referência, em Ondina, foi de 190,4 mm, 37% a menos do que a média histórica para o período, que é de 302,2 mm. Estas informações estão presentes no balanço parcial da Operação Chuva 2022, divulgado nesta quarta-feira (1), referente ao segundo mês da atividade.

Entre as vistorias realizadas, as ocorrências mais frequentes foram ameaça de deslizamento (275), ameaça de desabamento (250), orientação técnica (132), alagamento de imóvel (113) e deslizamento de terra (83).

ATIVIDADES PREVENTIVAS
O órgão tem realizado atividades preventivas e educativas em áreas de risco, com a instalação de Núcleo Comunitário de Proteção e Defesa Civil (Nupdec), Nupdec Mirim, Programa Defesa Civil nas Escolas e a realização de simulados de evacuação nas comunidades.

Em parceria com a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), aplicou preventivamente 22.368m² de lona plástica em 134 áreas para impermeabilização de terrenos de encostas. Além da colocação de lona, as equipes da Limpurb realizaram serviços de capinação, roçagem, retirada de entulho, remoção de terra, lixo e limpeza de valetas. A manutenção da rede de micro e macrodrenagem, realizadas pela Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman), também integra o escopo de ações contínuas.

Já o setor de Atendimento a Comunidades em Áreas de Risco da Codesal recebeu demandas de 592 pessoas pleiteando benefícios eventuais, como auxílio-moradia e auxílio-emergência, encaminhadas para a Secretaria Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer, Salvador (Sempre).

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Após fala racista, Piquet será banido do paddock da Fórmula 1

Após a circulação de um vídeo onde o ex-piloto brasileiro Nelson Piquet chama Lewis Hamilton de 'neguinho', a direção da Fórmula 1 decidiu...

Prefeitura de Salvador entrega conjunto habitacional Mar Azul em Tubarão

Moradores da localidade de Tubarão, no Subúrbio Ferroviário, receberam as chaves do novo conjunto habitacional Vila Solidária Mar Azul, nesta quarta-feira (29). A...

Inscrições para a Copa Governador do Estado 2022 se encerram nesta sexta-feira

Prevista pela Federação Bahiana de Futebol (FBF) (veja aqui), a Copa Governador do Estado encerra suas inscrições em 2022. O Bahia Notícias apurou...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com