Mulher mata marido asfixiado e chama a polícia para se entregar

Um homem de 51 anos foi morto asfixiado pela...

Protestos no Equador já duram mais de duas semanas e causaram mais de R$ 500 milhões em prejuízos

Os milhares de manifestantes indígenas que seguem mobilizados em...

Tropicalismo, parceria com Caetano e governo Lula: Relembre a carreira e os 80 anos de Gilberto de Gil

Neste domingo, 26, Gilberto Gil, completa 80 anos. Bom...

Marcus D’Almeida faz história e conquista medalha de ouro inédita no Mundial de Tiro com Arco

Marcus D’Almeida brilhou na manhã deste domingo, 26, ao...

Clube baiano mantinha jogadores sob condições análogas à escravidão

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Cinco jovens que estavam alojados e treinavam no Esporte Clube Jacobinense, no bairro de Cajazeiras, capital baiana, foram resgatados do trabalho análogo à escravidão por auditores-fiscais da Superintendência Regional do Trabalho na Bahia. A ação aconteceu no último domingo, mas só foi divulgada nesta quarta-feira e a Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Criança está investigando o caso.ebcebc

Após a prisão temporária do técnico de futebol do clube, acusado de assédio sexual a jovens do Centro de Treinamento, a auditoria-fiscal passou a apurar as condições de trabalho desses jovens. Em visita realizada no local de alojamento, foi constatado que as condições do local eram extremamente precárias e que cerceavam a liberdade de ir e vir dos adolescentes. Também foi verificada a carga de treinamento intensa, com atuação em diversas competições e que eles recebiam alimentação inadequada.

O clube não estaria cumprindo nenhum dispositivo legal da Lei Pelé, por exemplo, a assinatura de contratos, pagamento de bolsa auxílio, ou que os jovens estivessem matriculados na escola. 

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, os auditores vão fornecer às vítimas as guias do Seguro-Desemprego do Trabalhador Resgatado, correspondentes a três parcelas de um salário mínimo (R$ 1.212). Nossa reportagem tentou contato com o Esporte Clube Jacobinense, mas não obteve um posicionamento.

Esportes São Luís (MA) 15/06/2022 – 16:30 Nádia Faggiani / Guilherme Strozi Gabriel Correa – Repórter da Rádio Nacional Escravidão Jovens Esporte Clube Jacobinense Assédio Sexual time quarta-feira, 15 Junho, 2022 – 16:30 85:00

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com