Coisas ultrassecretas de governos que vazaram acidentalmente

Não é segredo que governos ao redor do mundo...

Cândido Sales: Estado entrega quadra poliesportiva e autoriza construção de escola

O Governo do Estado da Bahia entregou nesta...

Aporte da CBF à Série D ajuda a ‘manter prática do futebol viva’, diz presidente da FTF

O aporte designado pela Confederação Brasileira de Futebol...

Cidade do RJ entra na mira do MP por gasto milionário com shows

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
CDG20190518004 Easy Resize.com

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) investiga gastos com artistas em evento na cidade de Cardoso Moreira, no norte do Estado. Contratações milionárias de artistas como Claudia Leitte, Luan Santana, Naiara Azevedo e Thiago Martins para o evento “Expo Cardoso Moreira”, que ainda vai acontecer, estão sendo apuradas pelo órgão em um inquérito civil. Os shows devem acontecer entre 14 e 17 de julho e custaram R$ 2 milhões aos cofres públicos. De acordo com o MP-RJ, recentemente o Superior Tribunal de Justiça (STJ) proibiu que municípios pequenos realizem gastos excessivos com shows. A Justiça também afirma que o gasto previsto seria incompatível com a receita da cidade fluminense.

Segundo o MP, existem deficiências claras nos serviços públicos prestados como Saúde e Educação. As autoridades exigem uma série de explicações por parte do município, entre elas: cópia integral dos processos de contratação dos shows, os contratos celebrados com os artistas, cópia dos comprovantes de pagamentos realizados, fontes orçamentárias dos recursos destinados ao pagamento dos contratos, cópia da receita financeira de Cardoso Moreira nos últimos dois anos e detalhes sobre a receita prevista para o ano de 2022. O órgão também quer saber se houve o emprego de investimentos privados na contratação dos artistas e, caso isso aconteceu, quem são as pessoas físicas ou jurídicas responsáveis pelo patrocínio.

 

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Justiça nega pedido de liberdade a procurador que agrediu chefe em São Paulo

O Tribunal de Justiça de São Paulo negou um pedido de liberdade solicitado pela defesa do procurador Demétrius Oliveira de Macedo, procurador que agrediu...

Mulher recebe cartão de crédito com sobrenome ‘vagabunda’ e pede indenização de R$ 50 mil

Uma mulher, de 29 anos, teve o sobrenome trocado pelo xingamento “vagabunda”  no cartão de crédito e pediu indenização de R$ 50 mil por...

Brasil participa de estudo global que busca tratamento barato para covid em países pobres

O primeiro remédio para tratamento da covid-19 foi aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em março de 2021, cerca de um ano...