Lore Improta revela bastidores de foto com Léo Santana: ‘P*u tava marcado demais’

Lore Improta voltou a comentar sobre o órgão...

Saiba o que motivou a briga entre os irmãos Diogo e Rodrigo Mussi

Diogo Mussi revelou, na última quarta-feira (7/7), que anda...

Suárez confirma que não irá para o River após queda na Libertadores

A eliminação do River Plate nessa quarta-feira (6/7) da...

Justiça suspende show de Wesley Safadão que custaria R$ 700 mil a município

A Justiça do Amazonas suspendeu a contratação pela Prefeitura...

Brechó do Óculos: idealizador transformou armações vintage em negócio

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A ideia para um empreendimento pode surgir de maneiras inesperadas. Seja por uma demanda latente, seja a partir de uma observação constante, há diferentes formas de identificar oportunidade de negócio. Esse foi o caso de Mayton Campelo, fundador do Brechó do Óculos. No Moda Brasília desta terça-feira (7/6), a coluna conta a história da empresa especializada na curadoria de armações de sol e de grau.

Vem conferir!

 

Legado repaginado Mais do que nunca, os jovens das novas gerações buscam maneiras de destacar o estilo pessoal. Os óculos de sol, em especial, estão entre os itens preferidos dos fashionistas para “temperar” as produções com personalidade. Mayton Campelo, sempre atento às tendências, viu uma crescente procura pelos itens. Paralelamente, no negócio familiar, uma ótica localizada na 103 Sul observou que havia muitas armações paradas há mais de três décadas.

Mais sobre o assunto Ilca Maria Estevão Memórias em forma de joias: conheça as peças da Ela Souza Jewelry Ilca Maria Estevão Arte de renovar: veja o trabalho de upcycling e curadoria da G.Galeria Ilca Maria Estevão Arte, design e sustentabilidade: conheça a marca brasiliense Miwa Ilca Maria Estevão Tamã: conheça a empresa que promove causas indígenas por meio da moda Foi aí que veio o “clique” para unir as duas demandas. Dos 400 óculos antigos, inertes no estoque do estabelecimento, Campelo selecionou os modelos que tinham potencial e resolveu participar de um encontro de brechós em Brasília. O resultado? Os itens fizeram o maior sucesso entre o público adepto da moda circular. Com o incentivo, ele começou a participar de feiras colaborativas na cidade.

“O início se deu de maneira bem informal, sem uma intenção muito clara ou um objetivo maior. Vi a oportunidade de conectar, por meio das peças vintage, pessoas interessadas em artigos únicos e também vender os óculos que já estavam na ótica há um bom tempo”, conta. A marca nasceu oficialmente em 2014, três anos após o início informal, e ganhou espaço físico em 2017, na Asa Norte.

Mayton Campelo é o fundador do Brechós do Óculos 

A curadoria de etiqueta mescla peças antigas nunca usadas e armações vintage 

O mix traz peças diversas, que atendem a diferentes gostos e estilos 

Focado em peças únicas, o brechó tem como público-alvo as gerações mais jovensModa cíclica A terceira lei de Newton afirma que “tudo que vai, volta”, e essa parece ser uma máxima no âmbito da moda. O Brechó do Óculos realiza um mosaico de tendências passadas, investindo em um portfólio que mescla décadas e estilos distintos. De estéticas minimalistas à armações dramáticas, de peças vintage de marcas independentes a achados de grandes grifes, a etiqueta oferece algo muito procurado pelo público-alvo: exclusividade.

“Lá em 2011, quando começamos, focamos em armações mais arredondadas. Na época, mais de 10 anos atrás, ninguém gostava muito do estilo, e até olhavam meio torto. Vejo como fases mesmo. Hoje, por exemplo, os óculos máscara estão sendo muito procurados. Esse visual tem uma pegada mais dramática, statement, e que remete ao estilo usado nos anos 2000”, explica Mayton.

Aos poucos, a marca compreendeu a persona que teria maior identificação com os produtos vendidos. Os clientes do Brechó, em sua maioria jovens, gostam de visuais autênticos, ousados, e costumam garimpar peças para complementar as produções do cotidiano. Por isso, nas divulgações dos novos produtos, a empresa dialoga com o público por meio de editoriais conceituais, repletos de referências do universo alternativo.

“As peças vintage tem esse ‘quê’ afetivo, né? Em nosso espaço físico, temos como inspiração a casa de vó. Não falta um café coado, água no filtro de barro e muitas plantinhas. Queremos sempre receber as pessoas nessa atmosfera carinhosa, que traz um ar bem carinhoso”, pontua.

Nos editorias, a empresa investe em temáticas conceituais 

Os óculos de sol são um dos itens preferidos dos fashionistas para “temperar” as produções com personalidade 

Celebridades como Rafa Kalimann já adquiriram peças do Brechó 

Entre as peças mais procuradas nos últimos tempos, estão os óculos máscaraModa Brasília A coluna Ilca Maria Estevão deu início à série Moda Brasília em 2021. Toda semana, apresentamos marcas, designers e etiquetas locais, a fim de dar ênfase à moda criada no Distrito Federal no Centro-Oeste.

O objetivo é apresentar iniciativas e empresas que atuam em prol da cadeia produtiva regional de maneira criativa, sustentável e inovadora. Os nomes são selecionados de forma independente pela equipe da coluna, a partir de critérios como diferencial de mercado, pioneirismo e ações que valorizem a comunidade.

 

Para outras dicas e novidades sobre o mundo da moda, siga @colunailcamariaestevao no Instagram. Até a próxima!

Colaborou Marcella Freitas

O post Brechó do Óculos: idealizador transformou armações vintage em negócio apareceu primeiro em Metrópoles.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Suárez confirma que não irá para o River após queda na Libertadores

A eliminação do River Plate nessa quarta-feira (6/7) da Libertadores extinguiu as chances de Luisito Suárez se transferir para o clube argentino. O atacante...

IPVA: Senado aprova zerar o imposto para motos até 170 cilindradas

O plenário do Senado aprovou nessa quarta-feira (6/7) um projeto de resolução que permite zerar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)...

Cármen Lúcia dá prazo para PGR se manifestar sobre possível interferência de Bolsonaro no caso MEC

Para a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, os indícios de interferência do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), no caso de suspeitas...