Spotify cria ‘playlists’ personalizadas para os fãs de ‘Stranger Things’

A quarta temporada de ‘Stranger Things’ é já considerada...

Deslizamento de terras no Peru deixa cerca de 150 casas soterradas

O pânico e o desespero apoderaram-se dos habitantes do...

Está estressado? Veja 20 formas para se ver livre

Acorda estressado, toma o café da manhã estressado, fica...

Machine Gun Kelly parte copo no rosto e fica repleto de sangue em palco

Machine Gun Kelly protagonizou um momento insólito na noite...

Brasiliense Kawan Pereira é ouro no Canadá e já pensa em Paris 2024

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

Desde que disputou a final de Saltos Ornamentais na Tóquio 2020, Kawan Pereira viu a carreira mudar de patamar. No último domingo (12/6), o atleta provou mais uma vez o talento ao conquistar a medalha de ouro no Grand Prix disputado no Canadá.

Mais sobre o assunto Tóquio 2020 Em final histórica, Kawan Pereira fica em 10º nos saltos ornamentais em Tóquio Tóquio 2020 Kawan Pereira faz história e vai à final da plataforma de 10m na Olimpíada Esportes Brasília recebe Campeonato Brasileiro de Saltos Ornamentais Tóquio 2020 Brasiliense Kawan Pereira avança à semifinal nos saltos ornamentais Mesmo com experiência olímpica, o garoto nascido em Parnaíba, no Piauí, mas que reside no Gama, cidade a cerca de 35 km de Brasília, celebrou muito o mais recente título internacional. “De lá pra cá, evoluí bastante tanto mental, quanto fisicamente”, destacou em conversa com o Metrópoles.

Apesar da pouca idade, o jovem de 19 anos carrega o peso de ser um dos principais nomes nos Saltos Ornamentais no Brasil. Mas ele não esconde que o grande sonho é voltar a disputar uma Olimpíada e ganhar uma medalha em Paris (Em Tóquio 2020, ficou em 10° lugar).

Prestes a completar 20 anos, Kawan tem se dedicado integralmente aos treinos, mas ressalta a importância dos estudos: “Eu tive de me abster da escola para focar nas Olimpíadas do ano passado, isso não é o correto. Mas estou terminando o Ensino Médio”.

Dificuldades Apesar do sucesso repentino que o tornou conhecido nos esportes olímpicos, a pouca idade não o impede de reconhecer os desafios para quem quer viver do esporte, desde a falta de apoio familiar a patrocínios, passando por incentivos governamentais.

” O Idecace me auxilia com um salário de 5 mil reais, o que me ajuda a comprar materiais de treino”, que revelou também que custos com viagens e diáirias são pagos pela Saltos Brasil, confederação da modalidade a nível nacional.

Além disso, Kawan contou que recebe o Bolsa Atleta, benefício do governo federal concedido via Secretaria Especial de Esportes.

Descoberta do talento Como inúmeras crianças país afora, o jovem atleta gostava de futebol. Foi em um campo de society que notaram sua habilidade para acrobacias. “Eu comemorava gols fazendo mortais (cambalhotas no ar)”.

Apesar do talento, ele destaca que só foi possível avançar na carreira graças ao apoio de professores e de programas de assistências ao esporte, como o Idecace, que lhe deram toda a estrutura de treinos necessárias.

Brasiliense de alma Embora tenha nascido no Piauí, Kawan é mais um entre milhares que vieram viver na capital. Chegou aos 7 anos de idade. Desde então, tem residido no Gama, cidade satélite do Distrito Federal. Desde que descobriu a vocação para o esporte, realiza os treinamentos no Centro de Excelência em Saltos Ornamentais da Universidade de Brasília.

Depois de representar Brasília nos jogos olímpicos e seguir conquistando feitos na breve carreira, Kawan já mira Paris 2024 e diz: “Nunca desistam dos sonhos”.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu celular? Entre no canal do Metrópoles no Telegram e não deixe de nos seguir também no Instagram!

O post Brasiliense Kawan Pereira é ouro no Canadá e já pensa em Paris 2024 apareceu primeiro em Metrópoles.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Lula indica que não vai disputar reeleição se for eleito: ‘Só tenho quatro anos’

O candidato do PT ao Palácio do Planalto do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, indicou que não deve disputar a reeleição em...

RJ: Câmara põe sigilo sobre atuação de Carlos Bolsonaro na pandemia

Rio de Janeiro – A Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro negou um pedido de acesso a registros de participação remota de Carlos...

PEC Kamikaze: Novo deve ir ao STF contra a proposta

O Partido Novo deve ingressar com uma  Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a PEC Kamikaze, aprovada nesta quinta (30) no Senado....