Diogo Mainardi diz que desistiu do Brasil e que não vai mais escrever em site

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O jornalista Diogo Mainardi...

Acordos com outras categorias elevaram vencimentos em até 11,8%, alega prefeito

O prefeito Bruno Reis (União) reforçou, nesta quarta-feira...

Paulo Afonso: Foragido por estupro é o primeiro preso com auxilio do Reconhecimento Facial

Um homem com mandado de prisão por estupro...

MP-BA cria grupo para enfrentamento da varíola dos macacos e cobra ações do Lacen

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) criou um...

Bolsonaro e Milton: Adnet publica suposta ‘conversa’

Escrito por Redação

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
O humorista Marcelo Adnet publicou um áudio nas redes sociais, nesta sexta-feira (24/6), imitando o presidente Jair Bolsonaro (PL).
 
Ele debochou de uma conversa que o chefe do Executivo teria tido com o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, avisando sobre a operação da Polícia Federal (PF).
 
Logo depois do alerta, o ex-chefe da pasta foi preso.
 
Leia também: Milton Ribeiro: MPF vê possível interferência ilegal de Bolsonaro 
No áudio, Adnet reproduz a ligação: “Alô, Milton? Fala Milton, aqui é a Márcia Sensitiva. Tudo bem?”, diz o comediante imitando a voz do presidente.
 
“Todo mundo sabe que eu tenho grande sensibilidade nisso daí, né? Eu vi com minha fonte de cristal que os ‘prato feito’ vão aí buscar os versículo em nota de R$ 200 que está escondido aí. Tá entendendo os códigos aí?”, completou.
Além disso, o comediante também ironizou o decreto do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) impondo sigilo de 100 anos nos encontros do presidente com os pastores que teriam negociado recursos no Ministério da Educação.
 
“Tá certo, peraí que eu estou aqui nos Estados Unidos tentando entrar no hotel e a porta está quebrada. Tá escrito ‘push’ (empurre, na tradução ao português), eu puxo e nada acontece. Mas fica tranquilo que qualquer coisa eu decreto um sigilo de 100 anos tá okey?”, disse.
 
Leia também:  Prisão de Milton Ribeiro: veja o que falaram os políticos
 
Por fim, Adnet ainda reforçou que o presidente teria “um código” com Milton para alertar que a PF faria a prisão do ex-ministro.
 
“Se eu te ligar cantando ‘Macarena’ é sinal de que a caverna caiu, tá certo? Não vai ligar no normal para queimar minha cara, em?”, brincou, se referindo ao que Bolsonaro disse sobre “colocar a cara no fogo por Milton”.
 
Logo depois, ele liga novamente cantando a música.

Bolsonaro e Milton

Em 9 de junho, o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro disse, em conversa com uma filha, que recebeu uma ligação de Bolsonaro em que o chefe do Executivo Federal dizia temer ser atingido pela investigação da Polícia Federal (PF).
O ex-ministro foi preso na última quarta-feira (22/6), acusado de envolvimento em um esquema para liberação de verbas da pasta.
 
A PF investigava as ações e ele precisou ser afastado do cargo. 
 
Leia também: Milton Ribeiro deixa a sede da PF após habeas corpus 

Adnet já debochou de Bolsonaro

Marcelo Adnet já debochou de situações envolvendo o presidente Jair Bolsonaro.
 
Em 2021, quando os caminhoneiros ameaçavam uma nova paralisação, o comediante publicou um áudio imitando Bolsonaro e pedindo aos caminhoneiros bolsonaristas que dancem ‘Macarena’ nos protestos.
“O áudio que circulou é falso e esse, sim, é verdadeiro. Vocês têm que permanecer aí e começar a dançar macarena. Agora, 3h15 da manhã, e não pararem mais. Quero ver todos vocês fora dos caminhões dançando a Macarena até aquele outro lá pedir para sair”, diz Adnet no áudio imitando o presidente.
Na época, o presidente havia gravado um áudio, confirmado pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, alegando que o bloqueio nas estradas atrapalharia a economia, provocando desabastecimento, inflação e prejudicaria a todos. 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bruno Reis enaltece trajetória de Zé Ronaldo na política

Após ACM Neto, candidato ao Governo do Estado da Bahia pelo União Brasil, anunciar, nesta quarta-feira (10), que o ex-prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo (União), será...

STF vai levar elegibilidade de Ivo Cassol para plenário virtual

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) vão apreciar em plenário virtual decisão monocrática do ministro Nunes Marques, que concedeu liminar, em 4 de agosto, suspendendo a inelegibilidade do...

Ciro: ‘Sou grosseiro com genocidas e corruptos’ como Bolsonaro

O candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) afirmou nesta quarta-feira (10/8) que só é grosseiro "com genocidas e corruptos" como o presidente Jair Bolsonaro (PL).  O ex-governador...