Lore Improta revela bastidores de foto com Léo Santana: ‘P*u tava marcado demais’

Lore Improta voltou a comentar sobre o órgão...

Saiba o que motivou a briga entre os irmãos Diogo e Rodrigo Mussi

Diogo Mussi revelou, na última quarta-feira (7/7), que anda...

Suárez confirma que não irá para o River após queda na Libertadores

A eliminação do River Plate nessa quarta-feira (6/7) da...

Justiça suspende show de Wesley Safadão que custaria R$ 700 mil a município

A Justiça do Amazonas suspendeu a contratação pela Prefeitura...

Bolsonaro diz que ‘Trump é passado’ e que ‘presidente agora é Biden’

Publicado em:

Compartilhe esse artigo
Apesar de ainda no começo da semana ter voltado a colocar em dúvida o resultado das eleições norte-americanas,  o presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, nesta quinta-feira (9/6) que o ex-presidente Donald Trump “ficou no passado”.
 
O chefe do Executivo está nos Estados Unidos para participar da Cúpula das Américas, e além disso vai ter uma reunião com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. 
 
“Não vim aqui tratar das eleições americanas, isso é passado. Todos sabem que eu tinha uma ótima relação com o presidente Donald Trump, mas o presidente agora é Joe Biden, é com ele que converso, ele é o presidente”, disse a jornalistas.
 
Anteriormente, Bolsonaro defendeu, por diversas vezes, que o ex-presidente Donald Trump — que tentou se reeleger em 2020 — poderia ter razão nas acusações sobre fraude
 
Já hoje, o presidente do Brasil defendeu a necessidade de “aprofundar” o relacionamento com o norte americano. “Serão oito anos com o presidente Biden”.
 
O Brasil de Bolsonaro foi um dos últimos governo a reconhecer a vitória do democrata. No último dia 7, o líder de Estado brasileiro disse que Trump estava “muito bem” no pleito passado e que “fica com pé atrás”.
 
“Quem diz é o povo americano. Eu não vou entrar em detalhes na soberania de outro país. Agora, o Trump estava muito bem. E muita coisa chegou para gente que a gente fica com pé atrás. A gente não quer que aconteça isso no Brasil. Tem informações de próprios brasileiros que teve gente que votou mais de uma vez”, alegou em entrevista ao SBT News.
 
Bolsonaro também comentou na ocasião sobre um convite anterior para o evento e justificou que inicialmente negou porque “não ia ser moldura de retrato para ninguém”. Porém, ele só aceitou comparecer à Cúpula após Biden ter enviado um emissário especial, Christopher Dodd, confirmando que o receberia pessoalmente para um encontro.
 
 

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Suárez confirma que não irá para o River após queda na Libertadores

A eliminação do River Plate nessa quarta-feira (6/7) da Libertadores extinguiu as chances de Luisito Suárez se transferir para o clube argentino. O atacante...

IPVA: Senado aprova zerar o imposto para motos até 170 cilindradas

O plenário do Senado aprovou nessa quarta-feira (6/7) um projeto de resolução que permite zerar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)...

Cármen Lúcia dá prazo para PGR se manifestar sobre possível interferência de Bolsonaro no caso MEC

Para a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, os indícios de interferência do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), no caso de suspeitas...