Vasco perde jogo, invencibilidade e beneficia o líder Cruzeiro na Série B

O Vasco viu sua invencibilidade na Série B acabar...

Lázaro Ramos e Elizabeth Savala pedem fora, Bolsonaro no Encontro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Lázaro Ramos e Elizabeth...

Feira: Motorista de aplicativo confundido com ex-empresário de Luva de Pedreiro é ameaçado

O motorista de aplicativo Alan Santos de Jesus,...

Bahia vence o Vitória nos pênaltis e conquista o tetra do Campeonato Baiano Sub-20

O Bahia venceu o Vitória nos pênaltis e...

Bahia tem seu melhor início na Série B na era dos pontos corridos

Publicado em:

Compartilhe esse artigo

A derrota do Bahia em casa por 1×0 para a Chapecoense, pela 13ª rodada, tirou os 100% de aproveitamento do time como mandante na Série B do Brasileiro e interrompeu o embalo tricolor, que vinha de três vitórias seguidas no campeonato. Apesar do resultado, a campanha da equipe baiana deixa os torcedores animados na briga pelo acesso à Série A. 

Depois de 13 partidas, o Esquadrão registra o seu melhor início de Série B na história do formato por pontos corridos. O tricolor soma 25 pontos e está na segunda colocação, com três a menos do que o líder Cruzeiro, que joga hoje contra a Ponte Preta, em Belo Horizonte. 

Até aqui, os comandados do técnico Guto Ferreira conquistaram oito triunfos, um empate e sofreram quatro derrotas. Foram 15 gols  marcados e sete sofridos. Tomando como referência os 13 jogos iniciais, a atual campanha supera a da temporada 2015, que até então era a melhor do tricolor na competição. 

Naquele ano, o Bahia somou 24 pontos e terminou a 13ª rodada na quarta colocação, empatado com o Náutico, que era o quinto. Agora, mesmo se for ultrapassado pelo Vasco, no complemento da rodada, o clube ficará na terceira colocação e com uma distância mínima de quatro pontos para o primeiro time fora da zona de classificação. 

Por sinal, essa é apenas a segunda vez que o Bahia encerra a 13ª rodada dentro do G4 da Série B em seis participações. Em 2008, foi o 10º, com 18 pontos. No ano seguinte, o time concluiu os 13 primeiros jogos apenas na 11ª posição, com 19 pontos. Nesses dois anos o tricolor não conseguiu o acesso.

Já em 2010, ano do retorno à elite após 10 anos, o Bahia foi o sexto colocado após 13 partidas, com 23 pontos. Um a menos do que o São Caetano, que fechava o G4. Já em 2016, quando também subiu de divisão, estava em sétimo lugar, com 20 pontos. 

Pés no chão
Apesar da boa fase, no Bahia a ordem é a de manter os pés no chão. Constantemente, Guto Ferreira repete o discurso de que o mais importante será estar dentro do G4 ao final da Série B. 

A preocupação tem explicação. Desde que a segunda divisão passou a ser disputada por pontos corridos, em 2006, em todas as edições ao menos uma equipe que estava no G4 ao fim da 13ª rodada não conquistou o acesso. O próprio Bahia já sentiu a frustração de morrer na praia. Em 2015, era o quarto colocado nos primeiros 13 jogos, mas acabou ficando só com o 9º lugar ao final do torneio. 

“Temos que olhar para frente para não terminar fora da zona de classificação. O campeonato é muito dinâmico, nunca vi o campeão liderar da primeira à última rodada. O mais importante não é liderar agora, é estar entre os quatro no final”, disse Guto.

Normalmente, o número mágico considerado para garantir o acesso é de 64 pontos. Com essa quantidade, Coritiba e Avaí, 3º e 4º colocados, respectivamente, subiram no ano passado. Se mantiver o atual aproveitamento de 64%, o tricolor somará mais 48 pontos e fechará o torneio com 73. O que será suficiente para garantir o retorno à elite. 

A próxima chance do Bahia para se recuperar no campeonato e mostrar força como mandante será no dia 25, quando receberá o Novorizontino, na Fonte Nova.

O que você achou desse assunto?

Compartilhe esse artigo:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Santos busca empate no fim com o Deportivo Táchira pela Sul-Americana

O Santos iniciou sua trajetória nas oitavas de final da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, 29, e quase saiu em desvantagem da Venezuela. No estádio...

Neguinho da Beija-Flor é alvo de comentário racista na Jovem Pan: “Na escuridão você só vê a gengiva”

O sambista Neguinho da Beija-Flor foi vítima de um comentário racista nesta terça-feira (28) durante o programa Morning Show, da Jovem Pan News....

Sem previsão de votação da LDO, Câmara de Vereadores mantém expectativa de recesso

A Câmara de Vereadores de Salvador segue ainda na indecisão sobre o recesso parlamentar que ocorre geralmente no meio do ano. A decisão...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com